Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 138
Filtrar
1.
Braz Oral Res ; 37(suppl 1): e120, 2023.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-38055571

RESUMO

The aim of this paper was to present a summary of the process of developing and preparing the final documents of the national consensus for teaching undergraduate Brazilian dental students the dental caries curriculum in the Portuguese language. The final document was developed in three steps: a) The ABENO and LAOHA cariology group invited experts from all five regions of Brazil to participate in the discussion. The theoretical support for crafting the first draft of the consensus was based on two publications: National Curriculum Guidelines of the Dentistry graduation in Brazil, Ministry of Education (2021) and the competences described in the European Core Curriculum for Cariology (ORCA-ADEE, 2011); b) The group of experts was divided into 5 working groups: G1-Domain, Main and Specific Competences, G2-Essential knowledge, G3-Life course perspective, G4-Social determinants and dental caries, G5- Glossary. The document was finalized by thoroughly reviewing the process using Delphi methodology; c) The 5-chapter document (one from each working group) was submitted to three open public consultations in 2022 (May-June, August, and October) using Google-forms. The suggestions (content/wording) were discussed within the group as: totally accepted, partially accepted, and rejected. A total of 192 suggestions were registered from 31 dental schools in all regions of Brazil. The number of suggestions received per Group were: 84, 28, 26, 24, 30 suggestions for G1, G2, G3, G4 and G5, respectively. The majority of suggestions were totally accepted by the group of experts (n = 172, 89.6%), 15 were partially accepted (7.8%), and 5 were rejected. Conclusion The final document could be considered to be the first national consensus for teaching the dental caries curriculum in Brazil.


Assuntos
Cárie Dentária , Humanos , Consenso , Brasil , Cárie Dentária/prevenção & controle , Faculdades de Odontologia , Portugal , Educação em Odontologia , Currículo , Idioma
2.
Rev Saude Publica ; 57: 51, 2023.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-37585950

RESUMO

OBJECTIVE: Describe the trends in the production of dental prosthetics by the Unified Health System (SUS) in older people aged 60 years or older in Brazil and country regions from 2010 to 2019 and the impact of the covid-19 pandemic on the expected production for 2020 and 2021. METHODS: A time series study using secondary data from the SUS database (Datasus-Tabnet) and the Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Brazilian Institute of Geography and Statistics - IBGE) from 2010 to 2021. Age-standardized rates were calculated for Brazil and regions for each year analyzed. Generalized linear regressions estimated production trends using the Prais-Winstein estimation method. RESULTS: A growth trend occurred in the standardized production rate of complete dentures and other prosthetics per 100,000 inhabitants in Brazil and all country regions. The increase in the production of complete dentures was higher in the Northeast region (50.3%/year) and lower in the North region (19.1%/year). Trends in the production of other prosthetics were higher in the Southeast region (120.7%/year) and lower in the North region (24.5%/year). The output of prosthetics for both groups decreased in the pandemic years. In 2020, the relative difference ranged from -36.4% (North) to -61.7% (Northeast) for producing complete dentures and from -17.9% (North) to -68.4% (Northeast) for other prosthetics. In 2021, standardized rates and total production increased compared to the previous year. However, compared with expected values, the differences were close to those in 2020. CONCLUSION: Policies aimed at producing complete dentures and other prosthetics have been increasing. However, production remains far from the population's needs, and there is no equity in providing services. The covid-19 pandemic negatively impacted the production of dental prosthetics by SUS.


Assuntos
COVID-19 , Pandemias , Humanos , Idoso , Brasil/epidemiologia , COVID-19/epidemiologia , Geografia
3.
Rev. ABENO ; 23(1): 2067, mar. 2023. tab, graf
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1519676

RESUMO

Trata-se de estudo quanti-qualitativo que analisa o retorno das atividades presenciais nos cursos de Odontologia brasileiros, durante a pandemia de COVID-19, e as dificuldades enfrentadas, comparando instituições públicas e privadas. Um formulário on-line com questões abertas e fechadas foi encaminhado por e-mail aos representantes dos cursos de Odontologia, de março a junho de 2021. Foram incluídos os cursos cadastrados no sitee-MEC iniciados até 2017. A análise quantitativa utilizou os testes qui-quadrado, exato de Fisher e t de Student(p<0,05); uma questão aberta foi submetida à análise temática de conteúdo. Dos 329 cursos elegíveis, foram respondidos 83 formulários (21 públicos e 62 privados). Os cursos de instituições públicas apresentaram menor frequência de retorno das atividades presenciais até a data da coleta (p=0,038), inclusive com maior proporção de suspensão das atividades clínicas e laboratoriais (p≤0,001), mas sem diferença para aulas teóricas remotas (p>0,05). Os cursos privados demonstraram ter maior disponibilidade de recursos para o retorno presencial, tais como: estrutura, funcionários e docentes (p<0,001). Apesar das normas de biossegurança constituírem um desafio comum, as principais dificuldades relatadas nas instituições privadas diante do retorno das atividades presenciais foram a modulação ou escalonamento das turmas e ambientes de aula, controle do fluxo de pessoas e implantação de protocolos. Nas públicas, destacam-se dificuldades relacionadas à adequação da estrutura e aquisição de materiais. Conclui-se que a maioria dos cursos de Odontologia havia retomado às aulas no início de 2021, mas as instituições privadas apresentaram maior proporção de retorno às atividades laboratoriais e clínicas presenciais (AU).


Se trata de un estudio cuantitativo y cualitativo que analiza el retorno de las actividades presenciales en las carreras de Odontología brasileñas, durante la pandemia de COVID-19, y las dificultades enfrentadas, comparando instituciones públicas y privadas. Se envió por correo electrónico un formulario en línea con preguntas abiertas y cerradas a los representantes de los cursos de Odontología, de marzo a junio de 2021. Se incluyeron los cursos registrados en el sitio web de e-MEC que iniciaron hasta el año 2017. El análisis cuantitativo utilizó las pruebas chi-cuadrado, Fisher exacta y t de Student (p<0,05); se sometió una pregunta abierta al análisis de contenido temático. De los 329 cursos elegibles, se completaron 83 formularios (21 públicos y 62 privados). Los cursos de instituciones públicas mostraron una menor frecuencia de retorno a actividades presenciales hasta la fecha de cobro (p=0,038), incluyendo una mayor proporción de suspensión de actividades clínicas y de laboratorio (p≤0,001), pero sin diferencia para clases teóricas remotas (p >0.05). Los cursos privados demostraron mayor disponibilidad de recursos para el retorno presencial, tales como: estructura, personal y docentes (p<0,001). Si bien los estándares de bioseguridad constituyen un desafío común, las principales dificultades reportadas en las instituciones privadas ante el regreso de las actividades presenciales fueron modular o escalonar clases y ambientes de aula, controlar el flujo de personas e implementar protocolos. En las públicas destacan dificultades relacionadas con la adecuación de la estructura y adquisición de materiales. Se concluye que la mayoría de las carreras de Odontología habían retomado clases a inicios de 2021, pero las instituciones privadas tuvieron una mayor proporción de retorno a las actividades presenciales de laboratorio y clínicas (AU).


This is a quantitative-qualitative study analyzing the return of on-site activities in Brazilian dentistry undergraduate courses during the COVID-19 pandemic and the difficulties faced, comparing public and private institutions. An online form with open and multiple-choice questions was sent via e-mail to the representatives of dentistry courses from March to June 2021. The courses included were those registered on the e-MEC webpage that had started up to 2017. The quantitative analysis employed the chi-square, the Fisher exact, and the T student tests (p<0.05); the open question was subjected to thematic content analysis. Out of the 329 eligible courses, 83 forms were answered and returned (21 public and 62 private). Public institution courses showed lower frequency of return to on-site activities up tothe data collection (p=0.038), and presented higher proportion of suspension of clinical and laboratory activities (p≤0.001), but no difference regarding remote theoretical lessons (p>0.05). Private courses showed higher availability of resources supporting the return to on-site activities, namely, structure, workers, and professors (p<0.001). Although biosafety norms presented a common challenge, the main difficulties reported in private institutions related to the return to on-site activities were the modulation and schedule of the classes and lesson environments, controlling the flow of people, and the implementation of protocols. Public institutions highlighted difficulties related to adjustment of the structure and material acquisition. The results showed that most dentistry courses had returned to on-site lessons in the early 2021, but private institutions reported higher proportion of return to on-site laboratory and clinical activities (AU).


Assuntos
Contenção de Riscos Biológicos/normas , Educação em Odontologia , COVID-19/prevenção & controle , Brasil/epidemiologia , Distribuição de Qui-Quadrado , Estudos Transversais/métodos , Inquéritos e Questionários , Interpretação Estatística de Dados , Pesquisa Qualitativa , Odontologia , Docentes de Odontologia
4.
Saúde Redes ; 9(1): 17, mar. 2023.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1438300

RESUMO

O trabalho interprofissional na Atenção Primária à Saúde é estratégico para assegurar o princípio da integralidade na atenção à saúde. O Sistema Único de Saúde vem sofrendo precarizações, dadas medidas políticas que impactam na continuidade de ações e serviços. Sobretudo, a pandemia de COVID-19 surgiu como um novo desafio, levando as equipes a repensar e desenvolver estratégias de manutenção do cuidado integral de saúde à população. O objetivo desta pesquisa foi conhecer a percepção dos profissionais das equipes interprofissionais em saúde acerca do trabalho interprofissional desenvolvido e quais as estratégias adotadas na Atenção Primária durante o período pandêmico. Estudo qualitativo, convergente-assistencial, realizado com 12 profissionais das equipes interprofissionais de três Centros de Saúde de um município do Sul do Brasil. Como resultado da análise de conteúdo das entrevistas e, também, de registros de observação participante, constituíram-se duas categorias: Percepção e mudanças acerca do trabalho interprofissional durante a pandemia de COVID19 e Condições para concretização do trabalho interprofissional. Conclui-se que a pandemia promoveu desafios para os profissionais, impactando também na sua saúde mental, e promoveu também obstáculos para a realização do trabalho interprofissional, principalmente pelo trabalho remoto imposto pelas normativas institucionais frente ao enfrentamento da emergência sanitária. Foi necessário a criação de estratégias para a manutenção do cuidado e do trabalho interprofissional, como a oferta de teleconsultas, teleatendimentos e ações de grupos de promoção à saúde virtual.

5.
Saúde Soc ; 32(2): e220531pt, 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1450433

RESUMO

Resumo Este artigo tem como objetivo apresentar reflexões sobre a saúde da população em situação de rua, utilizando o conceito da determinação social do processo saúde-doença como método de análise. O artigo está estruturado em formato ensaístico, sendo organizado em duas seções: a primeira, que apresenta a discussão sobre a saúde dessa população, discorrendo sobre a organização dos serviços de saúde para dar assistência a essas pessoas, seus avanços e entraves. A segunda seção realiza uma análise do processo saúde-doença da população em situação de rua, utilizando o referencial teórico da Saúde Coletiva a partir do conceito da determinação social da saúde. O artigo argumenta que o modelo biomédico tem sido insuficiente para pensar na saúde da população em situação de rua, uma vez que desconsidera a complexidade dessa realidade social. A compreensão do processo saúde-doença como socialmente determinado localiza a saúde como resultando das condições materiais de existência dessa população, as quais são condicionadas pela forma de organização social no modo de produção capitalista. Assim, a determinação social opera como uma importante ferramenta de análise da saúde da população em situação de rua em uma perspectiva de totalidade.


Abstract This article aims to present reflections about the homeless people's health, using the social determination of health-disease process concept as an analysis key. This article in essay format was organized in two sections: the first one presents the discussion about this population's health, indicating to the organization of health services that assist these people, its advances and obstacles; the next section performs an analysis of the health-disease process of the homeless population using the theoretical reference of Collective Health based on the social determination of health concept. The article argues that the biomedical model has been insufficient to think about the health of the homeless population, once it disregards the complexity of this social reality. Understanding the health-disease process as socially determined approaches health as a result of the material conditions of existence of this population, which are conditioned by the form of social production organization in the capitalist production mode. Thus, social determination operates as an important tool to analyze the homeless people's health from a perspective of totality.

6.
Rev. saúde pública (Online) ; 57: 51, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1450397

RESUMO

ABSTRACT OBJECTIVE Describe the trends in the production of dental prosthetics by the Unified Health System (SUS) in older people aged 60 years or older in Brazil and country regions from 2010 to 2019 and the impact of the covid-19 pandemic on the expected production for 2020 and 2021. METHODS A time series study using secondary data from the SUS database (Datasus-Tabnet) and the Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Brazilian Institute of Geography and Statistics - IBGE) from 2010 to 2021. Age-standardized rates were calculated for Brazil and regions for each year analyzed. Generalized linear regressions estimated production trends using the Prais-Winstein estimation method. RESULTS A growth trend occurred in the standardized production rate of complete dentures and other prosthetics per 100,000 inhabitants in Brazil and all country regions. The increase in the production of complete dentures was higher in the Northeast region (50.3%/year) and lower in the North region (19.1%/year). Trends in the production of other prosthetics were higher in the Southeast region (120.7%/year) and lower in the North region (24.5%/year). The output of prosthetics for both groups decreased in the pandemic years. In 2020, the relative difference ranged from -36.4% (North) to -61.7% (Northeast) for producing complete dentures and from -17.9% (North) to -68.4% (Northeast) for other prosthetics. In 2021, standardized rates and total production increased compared to the previous year. However, compared with expected values, the differences were close to those in 2020. CONCLUSION Policies aimed at producing complete dentures and other prosthetics have been increasing. However, production remains far from the population's needs, and there is no equity in providing services. The covid-19 pandemic negatively impacted the production of dental prosthetics by SUS.


RESUMO OBJETIVO Descrever as tendências na produção de próteses odontológicas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em idosos de 60 anos ou mais no Brasil e nas regiões do país de 2010 a 2019, e o impacto da pandemia de covid-19 na produção esperada para 2020 e 2021. MÉTODOS Estudo de séries temporais que utilizou dados secundários provenientes do banco de dados do SUS (Datasus-Tabnet), e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, no período de 2010 a 2021. Calcularam-se as taxas padronizadas por idade para o Brasil e regiões de cada ano analisado. Regressões lineares generalizadas, pelo método de estimação de Prais-Winstein, estimaram as tendências das produções. RESULTADOS Houve tendência de crescimento na taxa padronizada de produção das próteses totais e das demais próteses para cada 100 mil habitantes, no Brasil e em todas as regiões do país. O aumento na produção de próteses totais foi maior na região Nordeste (50,3%/ano) e menor na região Norte (19,1%/ano). As tendências na produção das demais próteses foram maiores na região Sudeste (120,7%/ano) e menores na região Norte (24,5%/ano). A produção de próteses para ambos os grupos diminuiu nos anos de pandemia. Em 2020, a diferença relativa variou de -36,4% (Norte) até -61,7% (Nordeste) para a produção de próteses totais e de -17,9% (Norte) até -68,4% (Nordeste) para as demais próteses. Em 2021, as taxas padronizadas e a produção absoluta aumentaram quando comparadas ao ano anterior, todavia, em relação aos valores esperados, as diferenças foram próximas às encontradas em 2020. CONCLUSÃO Políticas voltadas para a produção de próteses totais e das demais próteses vêm tomando forças e crescendo. Todavia, a produção se mantém distante da necessidade da população e não há equidade na oferta dos serviços. A pandemia de covid-19 impactou negativamente na produção de próteses dentárias pelo SUS.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Sistema Único de Saúde , Brasil , Idoso , Prótese Dentária , COVID-19
7.
Braz. oral res. (Online) ; 37(supl.1): e120, 2023. graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1528138

RESUMO

Abstract The aim of this paper was to present a summary of the process of developing and preparing the final documents of the national consensus for teaching undergraduate Brazilian dental students the dental caries curriculum in the Portuguese language. The final document was developed in three steps: a) The ABENO and LAOHA cariology group invited experts from all five regions of Brazil to participate in the discussion. The theoretical support for crafting the first draft of the consensus was based on two publications: National Curriculum Guidelines of the Dentistry graduation in Brazil, Ministry of Education (2021) and the competences described in the European Core Curriculum for Cariology (ORCA-ADEE, 2011); b) The group of experts was divided into 5 working groups: G1-Domain, Main and Specific Competences, G2-Essential knowledge, G3-Life course perspective, G4-Social determinants and dental caries, G5- Glossary. The document was finalized by thoroughly reviewing the process using Delphi methodology; c) The 5-chapter document (one from each working group) was submitted to three open public consultations in 2022 (May-June, August, and October) using Google-forms. The suggestions (content/wording) were discussed within the group as: totally accepted, partially accepted, and rejected. A total of 192 suggestions were registered from 31 dental schools in all regions of Brazil. The number of suggestions received per Group were: 84, 28, 26, 24, 30 suggestions for G1, G2, G3, G4 and G5, respectively. The majority of suggestions were totally accepted by the group of experts (n = 172, 89.6%), 15 were partially accepted (7.8%), and 5 were rejected. Conclusion The final document could be considered to be the first national consensus for teaching the dental caries curriculum in Brazil.

8.
Rev. ABENO ; 22(2): 1715, jan. 2022. tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1396756

RESUMO

Formar docentes aptos à promoção do ensino preconizado pelas Diretrizes Curriculares Nacionais é fundamental na Odontologia. Este estudo objetivou relatar experiências formativas no estágio docente de alunos de Pós-Graduação em Odontologia, na área de Odontologia em Saúde Coletiva, de uma universidade brasileira, com integração ensino-serviço-comunidade, pelo método da reflexão crítica. As atividades foram conduzidas no eixo da Interação Comunitária, junto a centros de saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e no projeto de extensão "Promoção de Saúde na Comunidade Escolardo Colégio de Aplicaçãoda UFSC". As práticas pedagógicas com graduandos, docentes, preceptores da SMS e pós-graduandos envolveram reuniões de equipes, usuários e conselhos de saúde, atividades intersetoriais, integração comunitária, clínica ampliada, promoção dasaúde bucal, com discussões crítico-reflexivas para significar o processo de trabalho em saúde bucal. Na extensão, realizaram-se parcerias com o Departamento de Odontologia da Universidade, a SMS e a Associação de Pais e Professor;reuniões interdisciplinares entre extensionistas, pós-graduandos e professores do colégio; atividades educacionais com metodologias ativas de ensino-aprendizagem (MAEA); emprego do Índice de Necessidades de Tratamento Odontológico; atividades de prevenção e atendimento clínico aos escolares. Houve aprendizagem pedagógica com conteúdos de epidemiologia, atenção à saúde, educação em saúde, planejamento, gestão e avaliação, controle social e aprendizados transversais. O estágio docente no contexto comunitário e de ensino-pesquisa-extensão favoreceuvínculos e as MAEA mostraram a potência do espaço formador para o futuro docente de Odontologia em Saúde Coletiva, capaz de promover uma formação mais harmônica ao perfil profissional almejado ao cirurgião-dentista (AU).


Training professors who are able to promote teaching based on the Brazilian National Curricular Guidelines is essential in Dentistry.This study aimed at reporting training experiences in the teaching internship for post-graduation students inCollective Health Dentistry in a Brazilian university with teaching-service-community integration bythe critical reflection method. The activities were developed in the Community Interaction axis, at the health centers in the Municipal Health Secretariat (Secretaria Municipal de Saúde-SMS) and in the extension project "Promotion of Health in the School Community of Colégio de Aplicação at UFSC".Pedagogical practices with graduating students, professors, SMS preceptors and post-graduating students includedmeetings with teams, users and health councils, inter-sectoral activities, community integration, expanded clinic, oral health promotion, withcritical-reflective discussions to signify the process of work in oral health. In the extension program, partnerships were developed with the University Department of Dentistry, SMSand the Parents and Teachers Association, inter-disciplinary meetings among the extension students, post-graduation students, and school professors; educating activities with active teaching-learning methodologies (Metodologias Ativas de Ensino-Aprendizagem -MAEA); use of the Dental Treatment Needs Index;activities for the prevention and clinical care forschool children. Pedagogical learning was obtained with content including epidemiology, health care, health education, planning, management and evaluation, social control, and transversal learnings. The internship in the community and teaching-research-extension context favored the bonds and the MAEA, emphasizing the potential of the training space for the future professor in Collective Health Dentistry, which is capable ofpromotinga more harmonious training to the professional profile sought by the dental surgeon (AU).


Assuntos
Serviços de Integração Docente-Assistencial , Colaboração Intersetorial , Relações Comunidade-Instituição , Capacitação de Professores , Atenção Primária à Saúde , Educação de Pós-Graduação em Odontologia , Docentes de Odontologia
9.
Rev. ABENO ; 21(1): 1739, dez. 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | BBO - Odontologia | ID: biblio-1371197

RESUMO

The study aimed to analyze the situation of Brazilian dental education considering the exceptionality of the COVID-19pandemic.An observational and analytical study was conducted with two cross-sections, using questionnaires sent to all course coordinators in Brazil, in the 1st semester of 2020 and in March 2021.At onset of the pandemic, the institutions interrupted on-site activities. There was significant association between private institutions and offering remote lectures and using these resources before the pandemic. The public sector was associated with not teaching remote lecturesand not using these resources previously. Public institutionshad a greater degree of difficulty in the use and access to technologies for online activitiesby professors and students, as well as a lower degree of preparation in relation to biosecurityprotocols to resume the clinical activities. Impacts were identified in different dimensions of dental education related to the development of practical activities and the establishment of new biosecurityprotocols. Nearly all private coursesdid not suspend activities or did it for less than one month and resumed clinical or laboratory activities at some point during the surveyed period, while public institutions required an average of 5 months for such reorganization.The COVID-19 pandemic substantially increased the use of digital media in Braziliandental education. From this assessment, there arefinancial limitations of the public sector to adapt the infrastructure to the requirements of the current biosecurityprotocols. In general, students are receiving support from the institutionand the coordinators identified negative impacts in different dimensions of dental education, notably in the establishment of new biosecurityprotocols, adequacy in the physical structure and teaching-learning process (AU).


O estudo teve como objetivo analisar a situação da educação odontológica brasileira considerando a excepcionalidade da pandemia COVID-19. Foi realizado um estudo observacional e analítico com dois cortes transversais, por meio de questionários enviados a todos os coordenadores de curso no Brasil, no 1º semestre de 2020 e em março de 2021. No início da pandemia, as instituições interromperam as atividades presenciais. Houve associação significativa entre as instituições privadas e a oferta de aulasremotas e o uso desses recursos antes da pandemia. O setor público foi associado a não ministrar aulasa distância e não utilizar esses recursos anteriormente. As instituições públicas apresentaram maior grau de dificuldade no uso e acesso às tecnologias para atividades on-line por professores e estudantes, bem como menor grau de preparo em relação aos protocolos de biossegurança para a retomada das atividades clínicas. Foram identificados impactos em diferentes dimensões da formação odontológica relacionadas ao desenvolvimento de atividades práticas e ao estabelecimento de novos protocolos de biossegurança. Quase todos os cursos privados não suspenderam as atividades ou o fizeram por menos de um mês e retomaram as atividades clínicas ou laboratoriais em algum momento do período pesquisado, enquanto as instituições públicas necessitaram em média de 5 meses para tal reorganização. A pandemia COVID-19 aumentou substancialmente o uso de recursosdigitaisna educação odontológica brasileira. Existem limitações financeiras do setor público para adaptar a infraestrutura aos requisitos dos atuais protocolos de biossegurança. Em geral, os estudantesestão recebendo apoio da instituição e os coordenadores identificaram impactos negativos em diferentes dimensões do ensino odontológico, notadamente no estabelecimento de novos protocolos de biossegurança, adequação da estrutura física e processo de ensino-aprendizagem (AU).


Assuntos
Humanos , Medidas de Segurança/ética , Tecnologia Educacional/instrumentação , Educação a Distância/métodos , Educação em Odontologia/métodos , COVID-19/transmissão , Instituições Acadêmicas , Materiais de Ensino , Brasil , Estudos Transversais/métodos , Inquéritos e Questionários/estatística & dados numéricos , Interpretação Estatística de Dados , Odontologia , Estudo Observacional , Redes Sociais Online
10.
Rev. ABENO ; 21(1): 1622, dez. 2021.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1370625

RESUMO

Embora sejam conhecidos os problemas éticos vivenciados por estudantes de graduação em Odontologia, o mesmo não pode ser afirmado em relação a professores. Esta pesquisa, de abordagem qualitativa, teve como objetivo compreender os problemas éticos percebidosno fazer docente. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas semiestruturadas com 18 professores de três instituições de ensino superiordo sul do Brasil. A Análise Temática de Conteúdo evidenciou categorias iniciais, dentro das quais alguns problemas éticos foram identificados. Estes foram então agrupados em duas grandes categorias temáticas: "problemas centrais ao fazer docente" e "problemas transversais ao fazer docente". Os resultados revelam que os principais problemasestãorelacionados adesenvolver processos avaliativos justos; ensinar e assistir à saúde com recursos limitados; integrar recursos tecnológicos sem perder a qualidade do processo ensino-aprendizagem; qualificar pedagogicamente o professor-dentista; agir para estimular interesse e comprometimento discente; formar profissionais generalistas com professores especialistas; equilibrar afeto e responsabilidade pelo processo educativo na relação interpessoal; lidar comorientações divergentes; manejar conflitos entre colegas; eenfrentar amercantilização do ensino. Tais questões são problematizadas neste artigo, buscando instigar a reflexão docente. Em conjunto, reiteram a necessidade de se atuar intencionalmente na dimensão ética da educação superior. Sugere-se que os desafios identificados sejam tomados como objeto de deliberação entre professores -para contribuir com a sua qualificação ético-pedagógica -bem como entre professores e estudantes, favorecendo a construção da personalidade moral dos futuros profissionais (AU).


Although the ethical problems experienced by dental students are known, the same cannot be said in relation to professors. This research, with a qualitative approach, aimed to understand the ethical problems observedin teaching. Data collection took place by semi-structured interviews with 18 professors from three higher education institutions in southern Brazil. The Thematic Content Analysis evidenced initial categories, within which some ethical problems were identified. These were nextgrouped into two major thematic categories: "teaching central problems" and "teaching cross-cutting problems".The results reveal that the majorproblems are related to: developing fair evaluation processes; teaching and assisting in health with limited resources;integratingtechnological resources without losing the quality of the teaching-learning process; pedagogically qualifyingthe dentist teacher; actingto stimulatethestudent'sinterest and commitment; traininggeneral practitionerswith specialists teachers; balancingaffection and responsibility for the educational process in the interpersonal relationship; dealingwith divergent instructions; handlingconflicts between colleagues; and facingthe commodification of education. Such issuesare discussed in this article, seeking to instigate teacher reflection. Together, they reiterate the need topurposefully act in the ethical dimension of higher education. It is suggested that the identified challenges be taken as an object of deliberation among professors­to contribute to their ethical-pedagogical qualification­,as well as betweenprofessors and students, favoring the construction of the moral personality of future professionals (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Aprendizagem Baseada em Problemas/métodos , Educação em Odontologia/ética , Avaliação Educacional/métodos , Ética Profissional/educação , Docentes de Odontologia/ética , Entrevistas como Assunto/métodos , Pesquisa Qualitativa , Odontologia
11.
Cien Saude Colet ; 25(6): 2259-2270, 2020 Jun.
Artigo em Português, Inglês | MEDLINE | ID: mdl-32520270

RESUMO

This is an integrative review that aimed to analyze the performance of the oral health team in home care within the Family Health Strategy, after the publication of the National Oral Health Policy Guidelines. Databases PubMed, Lilacs and SciELO were used in the 2004-2018 period. The selected papers (n=17) were organized in Excel sheet with data: author, year of publication, title, objectives, publishing journal, study location, type of study and thematic category. Two categories emerged from the thematic analysis: "Oral health practices in the household context and the work process of the oral health team" (n=11) and "Instruments for the management and evaluation of home care by the oral health team" (n=6). The scientific production showed low frequency of home visits, lack of prioritization and systematization of home care actions and weak interaction with the family health team. The home care protocols and instruments for the prioritization of home visits indicate the potential to overcome the clinical approach restricted to the dental office. Fourteen years into the publication of the National Oral Health Policy guidelines, the household is a territory to be conquered by the oral health team.


Trata-se de uma revisão integrativa com o objetivo de analisar a atuação da equipe de saúde bucal na atenção domiciliar no contexto da Estratégia Saúde da Família, após a publicação das Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal. Utilizou-se as bases de dados PubMed, Lilacs e SciELO, no período de 2004-2018. Os artigos selecionados (n=17) foram organizados em planilha Excel com os dados: autor, ano de publicação, título, objetivos, periódico de publicação, localização do estudo, tipo de estudo e categoria temática. Da análise temática emergiram duas categorias: "Práticas de saúde bucal no contexto domiciliar e o processo de trabalho da equipe de saúde bucal" (n=11) e "Instrumentos de gestão e avaliação da atenção domiciliar para a equipe de saúde bucal" (n=6). A produção científica evidencia baixa frequência de visita domiciliar, falta de priorização e sistematização das ações de atenção domiciliar e pouca interação com a equipe de saúde da família. Os protocolos de atenção domiciliar e os instrumentos de priorização de visitas domiciliares indicam potenciais caminhos para superar o enfoque clínico restrito ao consultório odontológico. Decorridos 14 anos da publicação das diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal o domicílio configura-se em um território a ser conquistado pela equipe de saúde bucal.


Assuntos
Saúde da Família , Serviços de Assistência Domiciliar , Política de Saúde , Visita Domiciliar , Humanos , Saúde Bucal
12.
Ciênc. Saúde Colet. (Impr.) ; 25(6): 2259-2270, Mar. 2020. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1101036

RESUMO

Resumo Trata-se de uma revisão integrativa com o objetivo de analisar a atuação da equipe de saúde bucal na atenção domiciliar no contexto da Estratégia Saúde da Família, após a publicação das Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal. Utilizou-se as bases de dados PubMed, Lilacs e SciELO, no período de 2004-2018. Os artigos selecionados (n=17) foram organizados em planilha Excel com os dados: autor, ano de publicação, título, objetivos, periódico de publicação, localização do estudo, tipo de estudo e categoria temática. Da análise temática emergiram duas categorias: "Práticas de saúde bucal no contexto domiciliar e o processo de trabalho da equipe de saúde bucal" (n=11) e "Instrumentos de gestão e avaliação da atenção domiciliar para a equipe de saúde bucal" (n=6). A produção científica evidencia baixa frequência de visita domiciliar, falta de priorização e sistematização das ações de atenção domiciliar e pouca interação com a equipe de saúde da família. Os protocolos de atenção domiciliar e os instrumentos de priorização de visitas domiciliares indicam potenciais caminhos para superar o enfoque clínico restrito ao consultório odontológico. Decorridos 14 anos da publicação das diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal o domicílio configura-se em um território a ser conquistado pela equipe de saúde bucal.


Abstract This is an integrative review that aimed to analyze the performance of the oral health team in home care within the Family Health Strategy, after the publication of the National Oral Health Policy Guidelines. Databases PubMed, Lilacs and SciELO were used in the 2004-2018 period. The selected papers (n=17) were organized in Excel sheet with data: author, year of publication, title, objectives, publishing journal, study location, type of study and thematic category. Two categories emerged from the thematic analysis: "Oral health practices in the household context and the work process of the oral health team" (n=11) and "Instruments for the management and evaluation of home care by the oral health team" (n=6). The scientific production showed low frequency of home visits, lack of prioritization and systematization of home care actions and weak interaction with the family health team. The home care protocols and instruments for the prioritization of home visits indicate the potential to overcome the clinical approach restricted to the dental office. Fourteen years into the publication of the National Oral Health Policy guidelines, the household is a territory to be conquered by the oral health team.


Assuntos
Humanos , Saúde da Família , Serviços de Assistência Domiciliar , Saúde Bucal , Política de Saúde , Visita Domiciliar
13.
Gerodontology ; 36(2): 180-187, 2019 Jun.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-30821854

RESUMO

OBJECTIVE: This study aimed to qualitatively analyse undergraduate geriatric dentistry (GD) teaching characteristics identified by geriatric dentistry teachers and senior students in five South American countries. BACKGROUND: GD involves the knowledge and skills required to provide oral health care for older people. METHODS: Exploratory-descriptive research with a qualitative approach developed in the undergraduate context of public universities in Chile, Argentina, Brazil, Colombia and Peru. Nine dental schools were intentionally selected. The participants were GD module teachers (20) and their senior students (30). Data were collected through open interviews via Skype® conducted between May and August 2015 and were analysed using a content analysis technique with ATLAS.ti® software, resulting in four categories. RESULTS: GD modules are theoretical or a theoretical-practical mix. Most teachers are prosthodontists without specific training in GD. Their motivations to teach GD are related to personal, family, professional and social reasons. Humanity, sensitivity and knowledge of older people are considered fundamental characteristics of a GD teacher. CONCLUSIONS: Students' first contact with an older person usually occurs during clinical activities. The participants mentioned insufficient hours for GD modules in the curricula and exclusively theoretical modules that do not allow students to learn typical specificities of older people. In the context of this study, the undergraduate GD teaching-learning process presented some weaknesses regarding educational methods, professor training and the interaction between older people and students. Diversification of learning scenarios and GD professor training are highly recommended.


Assuntos
Currículo , Odontologia Geriátrica , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Argentina , Brasil , Chile , Humanos , Estudantes
14.
Rev. ABENO ; 19(1): 2-9, 2019.
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1022098

RESUMO

Trata-se de pesquisa qualitativa, com abordagem fenomenológica hermenêutica, apoiada nos ensinamentos de Martin Heidegger que buscou compreender os significados do estágio em Unidade Básica de Saúde (UBS), entendido como uma possibilidade de habitar e 'ser-com-outro' no mundo do trabalho, para dez estudantes do último ano da graduação. Para os pesquisados, coabitar o mundo da UBS é percebido como cumprimento de uma orientação educacional obrigatória, que pode qualificar a formação e também uma possibilidade de as pessoas envolvidas ensinarem e aprenderem. Porém, o estudo desvelou a necessidade de fortalecimento da comunicação entre docentes e estudantes para que as intencionalidades e as potencialidades da integração ensino-serviço de saúde estejam mais claras para os estudantes. Os estudantes parecem ter sido lançados na UBS sem muito conhecimento e apropriação em relação ao porquê de eles vivenciarem este espaço existencial (AU).


This qualitative study had a hermeneutic phenomenological method, supported by Martin Heidegger's concepts that aimed to understand the meaning of internships in the Basic Health Unit (BHU), understood as a possibility to live and 'being-with-the-other' in the working world, for ten students in the last period of ollege. For the students, experiencing the BHU world is perceived as fulfilling a mandatory educational orientation, which can qualify the training and also provides a possibility for the involved people to teach and learn. However, the study revealed the need to strengthen the communication between professors and students, so that the goals and potentials of the teachinghealth service integration are clearer for the students. The students seem to have been introduced in the BHU without much knowledge and appropriation the reasons for their experience in this space (AU).


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde , Estudantes de Ciências da Saúde , Serviços de Integração Docente-Assistencial , Educação em Saúde , Entrevista , Pesquisa Qualitativa
15.
J Dent Educ ; 82(6): 636-643, 2018 Jun.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-29858262

RESUMO

The aim of this study was to develop a theoretical model to describe the role that the dentist plays in Brazilian hospital settings. This qualitative study was based on the grounded theory research method. Participants were a total of 27 individuals in three groups: dentists and general practice and oral and maxillofacial surgery residents; faculty; and other health professionals who interacted with dental patients in the hospital setting during the 2012-13 year. Data were collected in three teaching hospitals in the state of Santa Catarina, Brazil, through scripted interviews using open-ended questions. The stages of collection, codification, ordination, and integration of data were guided by constant comparative techniques to formulate a theoretical model. The codes generated were organized into seven categories: identifying the hospital as a working and teaching environment; recalling the dentists' professional pathways; reflecting on the dentist's work in the hospital; considering the political and organizational dimension of the role of the dentist in the hospital; understanding patients' life and health contexts; education and professional practice; and moving on towards interdisciplinary practices in the hospital setting. Integrating the categories led to a theoretical model called "The Dentist's Role in the Hospital Setting: An Interdisciplinary Construction." This theoretical model provides a framework to understand how dentists perform in the hospital setting, with a focus on interdisciplinary practice, which in this study was shown to be incipient and heterogeneous.


Assuntos
Odontologia , Hospitais de Ensino , Papel Profissional , Adulto , Brasil , Feminino , Teoria Fundamentada , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Modelos Teóricos , Adulto Jovem
16.
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 25(1): 7-13, jan.-mar. 2017. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-839609

RESUMO

Resumo Introdução A educação em saúde bucal tem se pautado nos pressupostos da educação bancária (EB). Busca-se superá-la com a educação popular (EP) caracterizada pela construção dialógica. Este estudo qualitativo objetiva compreender a percepção dos envolvidos em um programa de educação em saúde, realizado no estado de Santa Catarina. Métodos A coleta de dados realizou-se por meio de 4 grupos focais, um em cada município visitado, envolvendo de 3 a 12 professores e gestores em cada grupo. Resultados Análise de conteúdo de Bardin resultou três categorias: Percepções sobre aspectos metodológicos, conteúdo e participantes. Conclusões O programa foi percebido como oportunidade de compartilhar experiências sobre saúde bucal, contribuindo com o trabalho da escola. Identificaram-se práticas das duas concepções de educação (EB e EP), denotando traços de transição e dificuldades para concretizar esse câmbio explicadas pelas características do programa e pelo processo histórico no campo da saúde bucal.


Abstract Introduction Oral health education has been based on the assumptions of banking education (BE). The aim is to substitute this with popular education (PE) characterized by dialogical construction. This qualitative study aims to understand the perception of those involved in a health education program, conducted in the state of Santa Catarina. Methods Data collection was carried out with 4 focus groups, one in each city visited, involving 3 to 12 teachers and administrators in each group. Results Content analysis by Bardin resulted in three categories: Perceptions about methodological aspects, content and participants. Conclusions The program was perceived as an opportunity to share experiences regarding oral health, including school work. We identified two practices of educational concepts (BE and PE), denoting transition traits and difficulty to achieve this exchange explained by the features of the program and the historical processes in the field of oral health.

17.
Rev. ABENO ; 17(4): 87-98, 2017. ilus, tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-883148

RESUMO

As Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal destacam a visita domiciliar (VD) como uma das principais formas de ampliação do acesso aos serviços e criação de vínculo com a população, caracterizando-a como um desafio para as Equipe de Saúde Bucal. A adequação dos cursos de Odontologia às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) implica em preparar o egresso para essa abordagem, utilizando a VD como estratégia pedagógica. Esse estudo investigou as contribuições da VD na formação odontológica, por meio de uma revisão integrativa da produção científica nacional, no período entre 2004 a 2017, compondo uma síntese qualitativa da literatura. Foram pesquisadas quatro bases de dados por meio dos descritores ("home care" OR "home visits") AND ("dentistry" OR "oral health"). Nove estudos compuseram o corpo de análise desta revisão. Dos resultados emergiram quatro categorias: 1- Formação do cirurgião-dentista no Sistema Único de Saúde; 2- Compreensão ampliada do processo saúde-doença; 3- O trabalho interdisciplinar; 4- Humanização do Cuidado. Como contribuições à formação evidenciou-se que a VD propiciou ao estudante de Odontologia a vivência no território e a interação com usuários e profissionais da equipe de saúde. O contato do estudante com a VD possibilita o aprendizado do cuidado à saúde do usuário em seu contexto de vida, bem como a vivência do trabalho interdisciplinar, valorizando os diferentes saberes profissionais. O domicílio demonstrou-se como espaço singular para o aprendizado de vínculo, acolhimento e humanização, o que favorece a formação odontológica na perspectiva da clínica ampliada (AU).


The National Oral Health Policy Guidelines emphasize home visits (HV) as one of the main ways to increase access to services and engender bonds with population, considering the HV as a challenge for the Oral Health Team. The appropriateness of the Dentistry Courses (2002) to the National Curriculum Guidelines (DCN) involves preparing the former student for this approach, using the HV as a pedagogical strategy. This study investigated the contributions of the HV in dental education, through an integrative review of the national scientific production, between 2004 and 2017, composing a qualitative synthesis of the literature. Four databases were searched through these keywords ("home care" OR "home visits") AND ("dentistry" OR "oral health"). Nine articles composed the analysis of this review. From the results emerged four categories: 1 - Dental Education on Unified Health System (SUS); 2 - Enlargement of the health-disease process understanding; 3 - Interdisciplinary work; 4 - Care Humanization. As contributions to dental education, it was evidenced that the HV allowed the Dentistry student to experience the territory and interact with SUS users and professionals of the health team. The student's contact with the HV makes it possible to learn the health care of the user in their life context, as well as the experience of the interdisciplinary work, valuing the different professional knowledge. The household was shown as a unique space for learning of bond relationship, reception and humanization, which favors dental education from the perspective of the expanded clinic (AU).


Assuntos
Educação Baseada em Competências/métodos , Educação em Odontologia , Visita Domiciliar , Brasil , Guias como Assunto/normas
18.
Recurso educacional aberto em Português | CVSP - Brasil | ID: una-7449

RESUMO

Neste módulo você teve a oportunidade de rever a Política de Atenção Integral à Saúde da Criança e de refletir sobre a influência exercida pelo meio ambiente e pela família no processo saúde-doença. Neste contexto, abordamos aspectos importantes como a identificação das ações relacionadas ao acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento infantil com enfoque em saúde bucal, imunizações e alimentação. Elencamos evidências para o acompanhamento clínico de puericultura e as ações de promoção e proteção, bem como as principais ações da clínica e do cuidado nos principais agravos à saúde, às doenças prevalentes e os fatores de risco relacionados à saúde infantil. Finalizamos trazendo exemplos de trabalho interdisciplinar na Atenção Básica e da prática profissional fundamentada na integralidade do cuidado.


Assuntos
Criança , Atenção à Saúde
19.
Recurso educacional aberto em Português | CVSP - Brasil | ID: una-7450

RESUMO

Neste módulo você teve a oportunidade de rever a Política de Atenção Integral à Saúde da Mulher e de refletir sobre a influência exercida pelo movimento social de mulheres para a construção das atuais políticas de saúde e para a reorientação do modelo de atenção, ampliando o entendimento do processo saúde-doença. Neste contexto, trouxemos aspectos importantes, como a identificação das ações relacionadas ao acompanhamento da mulher durante o ciclo gravídicopuerperal, na atenção à saúde sexual e reprodutiva e no período do climatério e na menopausa. Elencamos, ainda, as principais queixas que conduzem a mulher aos centros de saúde e discutimos acerca da prevenção dos cânceres ginecológicos. Finalizamos trazendo exemplos de trabalho interdisciplinar na Atenção Básica e da prática profissional fundamentada na integralidade do cuidado.


Assuntos
Saúde da Mulher , Atenção Primária à Saúde , Climatério , Gravidez
20.
Saúde debate ; 39(104): 56-64, Jan-Mar/2015.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: lil-744781

RESUMO

No cenário mundial, o Cirurgião-Dentista atua, sobretudo, no setor privado. No Brasil, esta realidade começa a mudar com a inclusão desse profissional na Estratégia Saúde da Família (ESF). Este estudo de caso realizado no Centro-Oeste do Brasil busca compreender o trabalho do dentista nesse contexto, através de análise documental, observação do trabalho e entrevistas. Da análise temática de conteúdo emergiram duas categorias: condições para o trabalho na ESF e modo de trabalho na ESF. A influência histórica do modelo de atenção individual, o contexto adverso do trabalho, as concepções de ESF dos profissionais e a autonomia que lhes é conferida restringem sua atuação.


On the world scene, the dental surgeon acts, mostly, in the private sector. In Brazil this reality begins to change with the inclusion of this professional in the Family Health Strategy (ESF). This case study performed in the central-western of Brazil seeks to comprehend the dentist's work within this context, through documental analysis, observation of work and interviews. From the thematic overview of content emerged two categories: the working conditions and the way of working at the ESF. The historical influence of the individual care model, the adverse context of work, the conceptions that professionals have about ESF and the autonomy which is granted to them constrain their performance.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...