Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 37
Filtrar
1.
Psicol. rev ; 32(2): 368-394, 31/12/2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1552171

RESUMO

Este artigo buscou compreender, a partir do itinerário terapêutico de pessoas em sofrimento psíquico e egressas de internação psiquiátrica, a inserção do centro de atenção psicossocial como equipamento de cuidado em suas trajetórias. Trata-se de estudo inspirado na Epistemologia Qualitativa de Gonzalez Rey no qual foram realizadas entrevistas com seis pessoas, de 27 a 52 anos, em tratamento em um Centro de Atenção Psicossocial tipo 1, e para análise do material transcrito foram adotados procedimentos inspirados no conceito de indicadores de González Rey e na análise temática de conteúdo. Neste artigo, foram discutidas duas categorias: (1) "O manicômio está presente" e (2) "CAPS: espaço de convivência e substituto da vida social?". Os indicadores apontaram que a internação psiquiátrica foi um recurso utilizado após inserção em CAPS, o qual é destacado mais como local de convívio do que de produção de autonomia e de desinstitucionalização. No percurso dos usuários, as internações ocorreram em hospitais gerais, hospitais especializados e comunidades terapêuticas. Os serviços de atenção primária não aparecem como ponto de cuidado à saúde mental, os serviços de urgência estão presentes na atenção às crises, dando ao CAPS contornos de um serviço para a convivência e não para o cuidado na crise. (AU)


Based on the therapeutic itinerary of individuals experiencing psychic distress and who have undergone psychiatric hospitalization, this study aimed to comprehend the integration of the Center of Psychosocial Attention as a care facility along their path. The study is inspired by Gonzalez Rey's Qualitative Epistemology, in which interviews were conducted with six individuals aged between 27 and 52, receiving treatment at a type 1 Center of Psychosocial Attention. Procedures inspired by González Rey's concept of indicators and thematic content analysis were employed to analyze the transcribed material. This paper will discuss two categories: (1) "The presence of the psychiatric hospital," and (2) "CAPS: A space for interaction and a substitute for social life?" The indicators reveal that psychiatric hospitalization was resorted to after involvement with CAPS, which is perceived more as a space for coexis-tence than for fostering autonomy and deinstitutionalization. As per the users' itineraries, hospitalizations occurred in general hospitals, specialized hospitals, and therapeutic communities. Primary care services do not emerge as a focal point for mental health care, whereas emergency services are present for crisis intervention, portraying CAPS as a service more geared towards coexistence rather than crisis management.


Este artículo buscó comprender, a partir del itinerario terapéutico de las personas en distrés psicológico y las dadas de alta de hospitalización psiqui-átrica, la inserción del centro de atención psicosocial como equipamiento de atención en sus trayectorias. Se trata de un estudio inspirado en la Epistemo-logía Cualitativa de González Rey, en el que se realizaron entrevistas a seis personas, de 27 a 52 años, en tratamiento en un Centro de Atención Psicosocial tipo 1 y para el análisis del material transcrito, procedimientos inspirados por el concepto de indicadores de González Rey y el análisis de contenido temático. En este artículo se discutirán dos categorías: (1) "Está presente el asilo" y (2) ¿"CAPS: espacio de convivencia y sustituto de la vida social?". Los indicadores señalaron que la hospitalización psiquiátrica fue un recurso utilizado después de la inserción en CAPS, que se destaca más como un lugar de socialización que para producir autonomía y desinstitucionalización. En el curso de los usuarios, los ingresos se realizaron en hospitales generales, hospitales especializados y comunidades terapéuticas. Los servicios de atención primaria no aparecen como un punto de atención en salud mental, los servicios de emergencia están presentes en la atención de crisis, dando al CAPS los contornos de un servicio de convivencia y no de atención en crisis. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Intervenção em Crise , Itinerário Terapêutico , Serviços de Saúde Mental , Pesquisa Qualitativa , Hospitais Psiquiátricos
2.
Psicol. rev ; 32(1): 36-55, 17/10/2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1518190

RESUMO

O suicídio representa um problema de saúde pública e o cuidado desenvolvido com pessoas que tentam suicídio pode ser determinante para evitar a ocor-rência de novas tentativas. Este trabalho teve como objetivo identificar as estra-tégias de cuidado às pessoas que tentam suicídio e mais especificamente seus alcances e limites. Foi realizada uma revisão da literatura a partir de buscas nas bases Google Scholar, Scielo e Pepsic com a palavra-chave "tentativa de suicídio". Foram selecionados e lidos na íntegra oito artigos publicados entre 2006 e 2017. Destaca-se a importância do acolhimento, ações com a família, trabalho em equipe multiprofissional e encaminhamento para outros serviços da rede. Observam-se dificuldades do trabalho em rede, ausência de diálogo entre as equipes, dificuldades no cuidado de pessoas que tentam suicídio, falta de capacitação e problemas de infraestrutura. Ressalta-se a necessidade da educação permanente em saúde e o oferecimento de suporte psicossocial para os profissionais. (AU)


Suicide represents a public health issue, and the care provided to individuals who attempt suicide can play a crucial role in preventing further attempts. This study aimed to identify the care strategies for individuals who attempt suicide, specifically examining their effectiveness and limitations. A litera-ture review was conducted using searches in the Google Scholar, Scielo, and Pepsic databases with the keyword "suicide attempt." Eight articles published between 2006 and 2017 were selected for in-depth review. The importance of providing support, involving families, fostering multidisciplinary teamwork, and referring individuals to other network services is emphasized. Challenges in establishing effective networks, fostering communication among teams, addressing the complexities of caring for suicide attempt survivors, addressing training gaps, and overcoming infrastructure issues are observed. The need for ongoing health education and the provision of psychosocial support for healthcare professionals is underscored. (AU)


El suicidio es un problema de salud pública y la atención a las personas que intentan suicidarse puede ser determinante para prevenir nuevos intentos. Este trabajo tuvo como objetivo identificar las estrategias de atención a las personas que intentan suicidarse, su alcance y límites. Se realizó una revisión de la literatura a partir de búsquedas en las bases de datos Google Scholar, Scielo y Pepsic con la palabra clave "intento de suicidio". Se seleccionaron ocho artículos publicados entre 2006 y 2017. Se destaca la importancia de la acogida, las acciones con la familia, el trabajo en equipo multiprofesional y la derivación a otros servicios de la red. Existen dificultades en el trabajo en red, ausencia de diálogo entre equipos, dificultades en la atención, falta de formación y problemas de infraestructura. Se enfatiza la necesidad de educación permanente para la salud y la provisión de apoyo psicosocial a los profesionales. (AU)


Assuntos
Humanos , Tentativa de Suicídio/prevenção & controle , Estratégias de Saúde , Pessoal de Saúde , Atenção à Saúde
3.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 23(2): 482-502, julho 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1532671

RESUMO

No contexto de pandemia da covid-19, os profissionais de saúde têm sido expostos a situações que podem gerar sofrimento psicológico, como risco de contaminação, longas jornadas de trabalho, falta de equipamentos de proteção individual, estresse e ansiedade. Esta pesquisa investigou os impactos da pandemia da Covid-19 na atuação de profissionais de uma unidade de internação psiquiátrica em hospital geral. Trata-se de pesquisa qualitativa, desenvolvida a partir de entrevistas com profissionais de saúde cujo roteiro continha, dentre outras, a seguinte pergunta: "A pandemia da Covid-19 provocou alterações na sua atuação profissional?". Para análise dos achados, optou-se pela análise temática. Estes apontaram que os desafios para o cuidar na pandemia envolviam alterações nas ações de cuidado, redução da equipe, aumento da carga de trabalho, falta de equipamentos de segurança, medo e ansiedade na equipe, o que implicou na necessidade de suporte psicossocial aos profissionais, pois a pandemia intensificou a vivência de situações difíceis preexistentes. Face ao exposto, observou-se a necessidade de diferentes adaptações para o desenvolvimento do trabalho na unidade pesquisada, que, frente ao clima de tensão instalado no serviço, contava com uma equipe reduzida de profissionais de saúde.


In the context of the covid-19 pandemic, health professionals have been exposed to situations that can produce psychological suffering, such as risk of contamination, extended working time, absence of personal protective equipment, stress, and anxiety. This research studies the impacts of the Covid-19 pandemic on the performance of professionals who work in the psychiatric unit into a general hospital. It is a qualitative research built up from interviews with health professionals whose script contained, among others, the following question: "Has Covid-19 pandemic brought changes in your professional performance?". In order to analyze the findings, we have chosen the thematic analysis approach. Data findings pointed out that the challenges for care in the pandemic encompass changes in the practices of care, staff reduction, increased workload, lack of safety equipment, fear, and anxiety in the team, which implies the need for psychosocial support for the professionals, once the pandemic has deepened the experience of pre-existing difficult situations. Based on the above, there was a need for some new adaptations for doing the work in the researched unit, which faces both an atmosphere of tension hovering in the workplace and a reduced team of health professionals.


En el contexto de la pandemia del covid-19, los profesionales de la salud se han visto expuestos a situaciones que pueden generar sufrimiento psicológico, como el riesgo de contaminación, largas jornadas laborales, falta de equipo de protección personal, estrés y ansiedad. Esta investigación investigó los impactos de la pandemia Covid-19 en el desempeño de los profesionales en una unidad de internación psiquiátrica en un hospital general. Se trata de una investigación cualitativa, desarrollada a partir de entrevistas con profesionales de la salud cuyo guión contenía, entre otras, la siguiente pregunta: "¿La pandemia Covid-19 provocó cambios en su desempeño profesional?". Para analizar los hallazgos se eligió el análisis temático. Estos señalaron que los desafíos para la atención en la pandemia involucraron cambios en las acciones de atención, reducción de personal, aumento de la carga de trabajo, falta de equipos de seguridad, miedo y ansiedad en el equipo, lo que implica la necesidad de apoyo psicosocial a los profesionales, pues la pandemia intensificó la experiencia de situaciones difíciles preexistentes. Con base en lo anterior, fue necesario realizar diferentes adaptaciones para el desarrollo del trabajo en la unidad investigada, que contaba con un reducido equipo de profesionales de la salud y debido al ambiente de tensión instalado en el servicio.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Unidade Hospitalar de Psiquiatria , Pessoal de Saúde , COVID-19 , Serviços de Saúde Mental , Pesquisa Qualitativa , Estresse Ocupacional , Angústia Psicológica
4.
Psicol. esc. educ ; 27: e250905, 2023. graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529245

RESUMO

No mundo gerido pelas relações de trabalho, a escolha por realizar um curso após a conclusão da graduação vislumbra possíveis perspectivas em termos profissionais. Fundamentada na Psicologia Histórico-Cultural, a pesquisa aqui apresentada teve como objetivo conhecer os motivos relatados por estudantes de pós-graduação stricto sensu da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) para o ingresso no curso. De caráter quali-quanti, o estudo envolveu aplicação de questionário on-line, pela Plataforma SurveyMonkey, respondido por 374 estudantes de 36 programas de mestrado e doutorado. A análise de dados foi realizada por meio do Statistical Package for Social Sciences (SPSS) e da análise de conteúdo e propiciou a organização das respostas em quatro eixos de análise: a) Carreira acadêmica; b) Qualificação profissional para inserção no mercado de trabalho e aumento salarial; c) Aprofundar conhecimentos / Pesquisa, d) Questões pessoais/ Falta de opção. Os processos de aprendizagem e desenvolvimento precisam ser compreendidos e mediados por ações pedagógicas intencionalmente elaboradas e destinadas a esse público na universidade. Além disso, o motivo gerador de sentido para a realização de um mestrado ou doutorado precisa vincular-se ao significado social da pós-graduação de modo ampliado, visando à formação e à emancipação humana.


En el mundo dirigido por las relaciones de trabajo, la elección por realizar un curso tras la conclusión de la graduación vislumbra posibles perspectivas en términos profesionales. Fundamentada en la Psicología Histórico-cultural, la investigación aquí presentada tuvo como objetivo conocer los motivos relatados por estudiantes de posgrado stricto sensu de la Universidad Federal de Uberlândia (UFU) para el ingreso en el curso. De carácter cuali-cuanti, el estudio abarcó aplicación de cuestionario on-line, por la Plataforma SurveyMonkey, contestado por 374 estudiantes de 36 programas de maestría y doctorado. El análisis de datos se realizó por intermedio del Statistical Package for Social Sciences (SPSS) y del análisis de contenido y propició la organización de las respuestas en cuatro ejes de análisis: a) Carrera académica; b) Cualificación profesional para inserción en el mercado laboral y aumento salarial; c) Profundizar conocimientos / Pesquisa, d) Cuestiones personales/ Falta de opción. Los procesos de aprendizaje y desarrollo necesitan ser comprendidos y mediados por acciones pedagógicas intencionalmente elaboradas y destinadas a ese público en la universidad. Además de eso, el motivo generador de sentido para la realización de un curso de maestría o doctorado necesita vincularse al significado social del posgrado de modo ampliado, visando la formación y a la emancipación humana.


In the world managed by labor relations, choosing to take a course after completing graduation envisions possible perspectives in professional terms. Based on Historical-Cultural Psychology, the research presented here aimed to know the reasons reported by stricto sensu graduate students at the Federal University of Uberlândia (UFU) for entering the course. It is a quali-quanti nature study, which involved the application of an online questionnaire, through the SurveyMonkey Platform, answered by 374 students from 36 master's and doctoral programs. Data analysis was carried out using the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) and content analysis and allowed the organization of responses into four axes of analysis: a) Academic career; b) Professional qualification for insertion in the labor market and salary increase; c) Deepening knowledge / Research, d) Personal issues / Lack of options. The learning and development processes need to be understood and mediated by pedagogical actions intentionally designed and aimed at this public at the university. In addition, the reason that generates meaning for pursuing a master's or doctorate needs to be linked to the social meaning of postgraduate studies in an expanded way, aiming at training and human emancipation.


Assuntos
Psicologia , Estudantes , Universidades , Educação de Pós-Graduação
5.
Psicol. Estud. (Online) ; 28: e54641, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1514634

RESUMO

RESUMO Em seu capítulo sobre medidas socioeducativas, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) propõe a aplicação de medidas a adolescentes autores de atos infracionais, cujo caráter deve ser educativo e não punitivo. O objetivo desse trabalho foi mapear as dissertações indexadas na base Capes sobre a privação de liberdade de adolescentes defendidas entre 2007 e 2016 que respondiam ao problema de pesquisa: 'Quais as contribuições da privação de liberdade como medida socioeducativa para o desenvolvimento de jovens no Brasil?', tendo sido identificadas 1.133 dissertações. Para atender ao objetivo proposto, realizou-se uma pesquisa documental, na qual foram selecionadas 174 dissertações e foi possível perceber vários problemas na execução da medida socioeducativa e que estão em desacordo com as prescrições do Sinase. Em muitos casos, a concepção punitiva se sobrepõe ao aspecto pedagógico, levando a uma aproximação entre o sistema socioeducativo e o sistema prisional. Destaca-se a necessidade de os órgãos responsáveis fiscalizarem os centros socioeducativos para a garantia do cumprimento das normativas.


RESUMEN En su capítulo sobre medidas socioeducativas, el Estatuto de la Infancia y de la Adolescencia (ECA) propone la aplicación de medidas a los adolescentes que han cometido infracciones cuyo carácter debe ser educativo y no punitivo. El objetivo de este trabajo fue mapear las disertaciones indexadas en la base de datos CAPES sobre la privación de libertad de adolescentes defendidas entre 2007 y 2016 que respondió al problema de investigación: '¿Cuáles son las contribuciones de la privación de libertad como una medida socioeducativa para el desarrollo de los jóvenes en Brasil?', habiendo sido identificados 1133 disertaciones. Para cumplir con el objetivo propuesto, se realizó una investigación documental, en la que se seleccionaron 174 disertaciones y se pudo percibir varios problemas en la ejecución de la medida socioeducativa y que están en desacuerdo con las prescripciones del SINASE. En muchos casos, la concepción punitiva se superpone al aspecto pedagógico, lo que lleva a una aproximación entre el sistema socioeducativo y el sistema penitenciario. Se destaca la necesidad de que los organismos responsables inspeccionen los centros socioeducativos para garantizar el cumplimiento de la normativa.


ABSTRACT In its chapter on socio-educational measures, the Statute of Children and Adolescents (ECA) proposes the application of measures to adolescents who have committed infractions whose character must be educational and not punitive. The objective of this work was to map the dissertations indexed in the CAPES database on the deprivation of liberty of adolescents defended between 2007 and 2016 that answered the research problem: 'What are the contributions of the deprivation of liberty as a socio-educational measure for the development of young people in Brazil?', having identified 1133 dissertations defended in this period. In order to meet the proposed objective, a documentary research was carried out, in which 174 dissertations were selected and it was possible to perceive several problems in the execution of the socio-educational measure and which are in disagreement with the SINASE prescriptions. In many cases, the punitive conception overlaps the pedagogical aspect, leading to an approximation between the socio-educational system and the prison system. The need for the responsible bodies to inspect the socio-educational centers is highlighted in order to guarantee compliance with the regulations.


Assuntos
Prisioneiros/psicologia , Criança , Defesa da Criança e do Adolescente/psicologia , Dissertação Acadêmica , Dissertações Acadêmicas como Assunto , Educação , Liberdade
6.
Psicol. Estud. (Online) ; 28: e54642, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1521378

RESUMO

RESUMO. O acolhimento noturno configura-se como um dos recursos oferecidos pelos Centros de Atenção Psicossociais de tipo III no cuidado aos sujeitos em sofrimento psíquico grave. Este estudo teve como objetivo identificar as percepções de profissionais de um Centro de Atenção Psicossocial tipo III sobre os critérios para inserção e alta de usuários em acolhimento noturno. Trata-se de uma pesquisa qualitativa da qual participaram nove profissionais respondendo a um roteiro semiestruturado de entrevista sobre dados sociodemográficos e questões sobre o funcionamento e os critérios para o acolhimento noturno no referido serviço e realizada análise de conteúdo temática com os dados obtidos. A análise de conteúdo temática apontou que a estabilização da crise e a proteção à vida configuram-se como critérios centrais para a inserção no acolhimento noturno, o qual pode assumir tanto o sentido de vigilância sobre o comportamento do usuário quanto de oportunidade para desenvolver vínculo com a equipe. Diante disso, conclui-se que o acolhimento noturno tem função estratégica no manejo às situações de crise em saúde mental e que muitos são os desafios enfrentados pela equipe na interlocução dos diversos pontos da rede de atenção psicossocial no cuidado aos seus usuários.


RESUMEN. La recepción nocturna está configurada como uno de los recursos ofrecidos por los Centros de Atención Psicosocial Tipo III en la atención de sujetos con angustia psicológica severa. Este estudio tuvo como objetivo identificar las percepciones de los profesionales en un Centro de Atención Psicosocial tipo III sobre los criterios de inserción y alta de los usuarios en la atención nocturna. Es una investigación cualitativa en la que participaron nueve profesionales, que respondieron a un guión de entrevista semiestructurada sobre datos socidemográficos y preguntas sobre el funcionamiento y los criterios para la recepción nocturna en el servicio referido. El análisis del contenido temático se realizó con los datos obtenidos. El análisis de contenido temático de que la estabilización de la crisis y la protección de la vida son criterios centrales para la inserción en la recepción nocturna, que puede asumir tanto un sentido de vigilancia sobre el comportamiento del usuario como una oportunidad para desarrollar un vínculo con el paciente. equipo En vista de esto, se concluye que la atención nocturna tiene un papel estratégico en el manejo de situaciones de crisis en salud mental y que el equipo enfrenta muchos desafíos al hablar sobre los diferentes puntos de la red de atención psicosocial en el cuidado de sus usuarios.


ABSTRACT. Night care is one of the resources offered by Type III Psychosocial Care Centers in the care of subjects in severe psychological distress. This study aimed to identify the perceptions of professionals in a Psychosocial Care Center type III on the criteria for insertion and discharge of users in night care. It is a qualitative research in which nine professionals participated, responding to a semi-structured interview script about socidemographic data and questions about the functioning and criteria for night reception at the referred service. Thematic content analysis was performed with the data obtained. Thematic content analysis that the stabilization of the crisis and the protection of life are central criteria for insertion in the night reception, which can assume both a sense of vigilance about the user's behavior and an opportunity to develop a bond with the patient. team. In view of this, it is concluded that night care has a strategic role in managing crisis situations in mental health and that there are many challenges faced by the team when talking about the different points of the psychosocial care network in caring for its users.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Acolhimento , Serviços de Saúde Mental , Assistência Noturna/psicologia , Comportamento , Família/psicologia , Pessoal de Saúde/psicologia , Intervenção em Crise , Atenção à Saúde
7.
Interaçao psicol ; 26(1): 114-124, jan.-abr. 2022.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1512475

RESUMO

Grupo focal é uma técnica de construção de dados em pesquisas qualitativas com destaque no campo da Saúde. Por ser a Política de Assistência Social, aliada à Saúde e à Previdência, um dos pilares da Seguridade Social, este artigo se propôs a investigar como tem sido o uso de tal técnica no contexto do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Realizou-se uma revisão integrativa de literatura (2008-2018) nas bases de dados on-line SciELO, PePsic e LILACS, localizando-se 565 artigos e sendo selecionados 12 para análise. Constatou-se que as publicações ocorreram principalmente em periódicos de saúde coletiva e que não houve consenso sobre o número ideal de encontros. A técnica de grupo focal tem sido aplicada segundo orientações da literatura, como principal ou complementar a outras, na perspectiva qualitativa de pesquisa. Apesar disso, na maior parte dos artigos revisados não há menção de definição do termo "grupo focal", sendo este apresentado sem autores de referência. As vantagens e limites sobre o uso deste procedimento de construção de dados também não são pontuadas pela maioria dos estudos, ganhando enfoque os resultados obtidos em detrimento do percurso metodológico das pesquisas.


Focal group is a data construction technique on qualitative researches with prominence in the field of Health. Because of the Social Assistance Policy, allied to Health and Welfare, be one of the pillars of the Social Security, this article intends to investigate how has been the use of such technique in the context of Sistema Único de Assistência Social [Unique Social Assistance System] (SUAS). A literature interrogative review (2008 ­ 2018) was made in online databases SciElo, PePsic and LILACS, where 565 articles were found and 12 were selected for analysis. It was found that the publications occurred mainly in collective health journals and that there was no consensus on the ideal number of meetings. This technique has been applied according to the literature guidelines, as main or complementary to others, in the qualitative perspective of the research. Despite this, the term "focal group" presents to have no definition or reference authors on most of the reviewed articles. The advantages and limitations of the use of this data construction procedure are also not punctuated by the majority of the studies, gaining a focus on the results obtained to the detriment of the research methodology.

8.
Psicol. pesq ; 16(1): 1-25, jan.-abr. 2022. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1356619

RESUMO

Para analisar a presença de práticas de autolesão sem intenção suicida na trajetória de adolescentes/ jovens, foi efetuada consulta a prontuários de pessoas de 12 a 24 anos internadas de 2016 a 2018 e entrevistados jovens na mesma faixa etária que passaram por internação em 2019 ou 2020 com suporte de roteiro de entrevista de história de vida temática. Identificaram-se múltiplos termos para designar os cortes sobre a pele feitos pelos adolescentes/jovens, a relação entre ações de violência contra si e o percurso por instituições de saúde, e autolesão como forma de aliviar a dor não expressa em palavras.


To analyze the presence of self-harm practices without suicidal intent in the trajectory of adolescents / young people, medical records of people aged 12 to 24 years hospitalized from 2016 to 2018 were consulted and young people within the same age group, who underwent hospitalization in 2019 or 2020, were interviewed with the support of a thematic life story interview script. Multiple terms were identified to designate the cuts on the skin made by adolescents / young people, the relationship between actions of violence against themselves and the journey through health institutions, and self-harm as a way to relieve the pain not expressed in words.


Para analizar la presencia de prácticas de autolesión sin intención suicida en la trayectoria de adolescentes / jóvenes, se consultaron historias clínicas de personas de 12 a 24 años, hospitalizadas entre 2016 y 2018 y entrevistas a jóvenes del mismo grupo etario que fueron hospitalizados en 2019 o 2020 con apoyo de la entrevista temática de la historia de vida. Se identificaron múltiples términos para designar los cortes en la piel que realizan los adolescentes / jóvenes, la relación entre las acciones de violencia contra ellos mismos y el recorrido por las instituciones de salud, y la autolesión como una forma de aliviar el dolor no expresado con palabras.

9.
Rev. abordagem gestál. (Impr.) ; 27(3): 291-304, set.-dez. 2021. ilus
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1340874

RESUMO

O objetivo deste trabalho é investigar as contribuições da Fenomenologia para a Psicologia da Saúde a partir da produção acadêmica brasileira. A pesquisa foi realizada nas bases de dados SciELO (Scientific Eletronic Library Online), PePSIC (Periódicos Eletrônicos em Psicologia) e LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde), sendo selecionados e analisados treze artigos, publicados entre 2000 e 2018. Constatou-se que a Fenomenologia contribui de várias maneiras, enquanto epistemologia de Edmund Husserl, como abordagem que apresenta uma visão de ser humano e de mundo através de vários fenomenólogos, como método fenomenológico filosófico adaptado à Psicologia por diversos autores. Em Psicologia da Saúde, as pesquisas revelam uma compreensão do processo saúde-doença-cuidado tanto através da análise das experiências vivenciais de usuários que buscam os serviços de saúde, quanto pela atuação do profissional psicólogo com predomínio da visão biopsicossocial. Revela-se uma pluralidade de concepções teóricas e percursos metodológicos tanto em Fenomenologia como em Psicologia da Saúde, sendo promissor o avanço de pesquisas em Psicologia da Saúde através das contribuições advindas da Fenomenologia.


This study aimed to investigate the contributions of Phenomenology to Health Psychology based on Brazilian academic production. A search in the SciELO (Scientific Electronic Library Online), PePSIC (Electronic Psychology Journals) and LILACS (Latin American and Caribbean Health Sciences Literature) databases was performed and thirteen papers published between 2000 and 2018 were selected and analyzed. It was found that Phenomenology contributes in many ways while Edmund Husserl's epistemology, as well as an approach that presents a view of the world and human beings by means of a number of phenomenologists, and as a philosophical phenomenological method adapted to Psychology by various authors. As far as Health Psychology is concerned, research brings an understanding of the health-disease-care process both by the analysis of the experiences of users who turn to health services as well as by professional psychologists' practice within a biopsychosocial perspective. A plurality of theoretical conceptions and methodological pathways is observed both when it comes to Phenomenology and Health Psychology, thus further studies on Health Psychology stemming from the contributions of Phenomenology are promising.


El objetivo de este trabajo es investigar las contribuciones de la Fenomenología a la Psicología de la Salud a partir de la producción académica nacional. La investigación fue realizada en las bases de datos SciELO (Scientific Eletronic Library Online), PePSIC (Periódicos Electrónicos en Psicología) y LILACS (Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud), siendo seleccionados y analizados trece artículos, publicados entre 2000 y 2018. Se constató que la Fenomenología contribuye de varias maneras como epistemología de Edmund Husserl; como enfoque que presenta una visión de ser humano y de mundo a través de varios fenomenólogos; como método fenomenológico filosófico adaptado a la Psicología por diversos autores. En Psicología de la Salud, las investigaciones revelan una comprensión del proceso salud-enfermedad-cuidado tanto a través del análisis de las experiencias vivenciales de usuarios que buscan los servicios de salud, como por la actuación del profesional psicólogo con predominio de la visión biopsicosocial. Se revela una pluralidad de concepciones teóricas y recorridos metodológicos tanto en Fenomenología como en Psicología de la Salud, siendo promisor el avance de investigaciones en Psicología de la Salud a través de las contribuciones provenientes de la Fenomenología.


Assuntos
Medicina do Comportamento , Comunicação Acadêmica , Psicologia Aplicada , Psicologia Social , Brasil
10.
Interaçao psicol ; 25(1): 1-10, jan.-abr. 2021.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1512091

RESUMO

A complexidade do cuidado na atenção primária à saúde em contexto de funcionamento de equipes de saúde da família levou à implementação de Núcleos Ampliados de Saúde da Família, formados por profissionais especialistas, que devem garantir o apoio clínico, sanitário e pedagógico à equipe de referência. Este artigo investigou a compreensão de agentes comunitárias de saúde sobre o Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF-AB) junto a 13 mulheres que atuavam nessa função em duas equipes de saúde da família no Estado de Minas Gerais, a partir de questionário sociodemográfico e um roteiro de entrevista semiestruturado sobre a sua prática e relação com o NASF-AB. Os eixos temáticos que emergiram mediante análise de conteúdo foram: (1) informar e encaminhar o caso para um profissional do NASF ou mais; (2) discussão de caso e orientações do NASF-AB ao agente comunitário de saúde; (3) visita domiciliar conjunta; (4) função do NASF-AB. As participantes percebem o NASF-AB como uma equipe de especialistas que recebe encaminhamentos e realiza atendimentos grupais. O apoio matricial encontra-se em processo de construção, e não são todos são os profissionais que são reconhecidos como componentes do NASF-AB. Concluímos que há necessidade de valorizar o trabalho das agentes comunitárias de saúde e implementar ações de educação permanente.


The complexity of primary health care provided in the context of family health units led to the implementation of Núcleos Ampliados de Saúde da Família [Extended Family Health Centers], composed of medical specialists, responsible for providing clinical, sanitary and teaching support to the reference team. This paper presents the perceptions of community health agents regarding the Extended Family Health Center (NASF-AB). Thirteen female agents working in two family health teams in the state of Minas Gerais, Brazil responded to a sociodemographic questionnaire and a semi-structured interview addressing their experience and relationship with the NASF-AB. The following thematic axes emerged: (1) Report and refer cases to one or more NASF professional; (2) Community health agents discuss cases with the NASF-AB staff and receive guidance; (3) Joint home visits; (4) the role of the NASF-PHC. The participants perceive the NASF-PHC as a team of specialists who receive referrals and provide group care. Matrix support is under development and not all professionals are recognized as being members of NASF-AB staff. We conclude that there is a need to value the work of community health agents and implement permanent education actions.

11.
Psicol. rev. (Belo Horizonte) ; 26(3): 980-999, set.-dez. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1507237

RESUMO

A compreensão sobre práticas grupais com jovens e sua finalidade na Psicologia parte de diversas perspectivas e está prevista entre as habilidades e competências profissionais. Este artigo busca compreender, com base em uma revisão integrativa de literatura, como os grupos com jovens são caracterizados e constituídos pelas produções de artigos científicos em Psicologia. Foram realizadas buscas nas bases Scielo, Pepsic e Adolec e, mediante critérios de inclusão e exclusão, foram recuperados dez artigos, cuja análise permitiu ressaltar os grupos como espaço: (a) de circulação da palavra; (b) de troca e possibilidade de transformação; (c) terapêutico. Ainda há poucas publicações sob a forma de artigos envolvendo a prática grupal com jovens. Esses artigos frisaram como principal característica grupal proporcionar um espaço de fala e trocas entre os sujeitos inseridos. Destacase certa naturalização dos sujeitos participantes dos grupos, visto que suas histórias de vida e suas condições sociais deixaram de ser ressaltadas.


The understanding about group practices with young people and their purpose in Psychology has many standpoints, being expected among other professional skills and abilities. This article attempts to understand, by conducting an integrative literature review, how groups with young people are characterized and constituted by the making of Psychology scientific papers. We searched Scielo, Pepsic and Adolec databases and, through inclusion and exclusion criteria, 10 articles were retrieved, which analysis allowed us to point out the groups as a space of: (a) word circulation; (b) exchange and possibility of transformation; (c) therapeutic space. There are still few papers concerning group practice with young people. They stressed as the main group characteristic the fact that it provides a space for speech and exchanges between the inserted subjects. We point out a certain naturalization of the participants of the groups, once their life histories and social conditions ceased to be highlighted.


La comprensión sobre prácticas grupales con jóvenes y su finalidad en la Psicología parte de diversas perspectivas y está prevista entre las habilidades y competencias profesionales. Este artículo busca comprender, a partir de una revisión integrativa de literatura, cómo los grupos con jóvenes son caracterizados y constituidos por las producciones de artículos científicos en Psicología. Se realizaron búsquedas en las bases Scielo, Pepsic y Adolec y mediante criterios de inclusión y exclusión se recuperaron 10 artículos, cuyo análisis permitió resaltar a los grupos como espacio: (a) de circulación de la palabra; (b) de cambio y posibilidad de transformación; (c) espacio terapéutico. Todavía hay pocas publicaciones en forma de artículos que involucren prácticas grupales con jóvenes. Estos artículos destacaron como la característica principal del grupo proporcionar un espacio de discusión e intercambios entre los sujetos participantes. Se destaca cierta naturalización de los sujetos participantes de los grupos, una vez que sus historias de vida y condiciones sociales no fueron enfatizadas.


Assuntos
Psicologia , Política Pública , Adolescente
12.
Rev. Psicol. Saúde ; 12(4): 111-124, out.-dez. 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1279690

RESUMO

The prolonged use of benzodiazepines among women has been a recurring issue in health services. Hence, this study aimed to conduct an integrative literature review to identify the profile of Brazilian women regularly using benzodiazepines. The SciELO, PePSIC, and BVS-LILACS databases were searched, and 86 articles were identified by combining the keywords "mulher(es) AND benzodiazepínico(s)", but only 11 papers met the inclusion criteria. Data revealed a higher concentration of women aged between 40 and 60 years old who used benzodiazepines for between one month and 37 years to treat insomnia, anxiety, headaches, and sadness. Benzodiazepines appear as a resource to escape problems and are usually prescribed by general practitioners without taking into account these women's social issues that involve role overload, among other factors.


O uso prolongado de benzodiazepínicos em mulheres tem sido uma questão recorrente encontrada nos serviços de saúde. Assim, este estudo teve como objetivo realizar uma revisão integrativa de literatura para identificar o perfil das mulheres de nacionalidade brasileira que fazem uso regular de benzodiazepínicos. Foram feitas buscas nas bases de dados SciELO, PePSIC e BVS-LILACS, e encontrados 86 artigos a partir das palavras-chave combinadas "mulher(es) AND benzodiazepínico(s)", sendo selecionados 11 a partir dos critérios de inclusão. Os dados mostraram uma concentração maior de mulheres com idade de 40 a 60 anos, com uso entre 1 mês e 37 anos dos benzodiazepínicos para tratar de insônia, ansiedade, cefaleia e tristeza. Os benzodiazepínicos aparecem como recurso para fugir dos problemas e geralmente são receitados pelo clínico geral, sem articulação com as questões sociais vivenciadas pelas mulheres que envolvem sobrecarga de papéis, entre outros pontos.


El uso prolongado de benzodiazepinas en mujeres ha sido una cuestión recurrente encontrada en los servicios de salud. Así, ese estudio tuvo como objetivo realizar una revisión integrativa de literatura para identificar quién es la mujer brasileña que utiliza benzodiazepinas. Se realizaron búsquedas en las bases de datos SciELO, PePSIC y BVS-LILACS, y encontrados 86 artículos a partir de las palabras clave "mulher(es) AND benzodiazepínico(s)", siendo seleccionados 11 a partir de los criterios de exclusión. Los datos mostraron una concentración mayor de mujeres por encima de 40 y 60, con uso entre 1 mes y 37 años de las benzodiazepinas para tratar de insomnio, ansiedad, cefalea y tristeza. Los benzodiazepínicos aparecen como un recurso para huir de los problemas y generalmente son recetados por el clínico general, sin articulación con las cuestiones sociales vivenciadas por las mujeres que involucran sobrecarga de papeles, entre otros puntos.

14.
Rev. Psicol. Saúde ; 12(1): 61-73, jan.-abr. 2020.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1092159

RESUMO

As famílias participam do cuidado informal de pessoas em sofrimento psíquico no Brasil, o que inclui a identificação da necessidade de busca por serviços de saúde tanto extra quanto hospitalares. Este artigo tem o objetivo de investigar, a partir do itinerário terapêutico de pessoas em situação de sofrimento mental, como as famílias percebem a necessidade de internação e a função desse recurso. Participaram dez familiares de pessoas em tratamento em um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) com, ao menos, uma internação psiquiátrica. Foi empregado um roteiro de entrevista semiestruturado sobre caracterização sociodemográfica e questões norteadoras sobre a procura por serviços de saúde mental e a avaliação a respeito destes, sendo a análise efetuada a partir da Teoria Fundamentada em Dados. A internação psiquiátrica aparece como primeiro recurso de saúde usado, mantendo a função histórica de hospedar, alimentar e medicar o usuário, sem oferta de intervenções que incluíssem as famílias.


Families participate in the informal care of people in psychic suffering in Brazil, which includes the identification of the need to search for both extra and hospital health services. This article aims to investigate, from the therapeutic itinerary of people with mental suffering, how families perceive the need for hospitalization and the purpose of this resource. Participants were ten relatives of people being treated in a Psychosocial Care Center (CAPS) with at least one psychiatric hospitalization. A semi-structured interview script was used on sociodemographic characterization and guiding questions about the demand for an evaluation of mental health services, and the analysis was based on the Grounded Theory. Psychiatric hospitalization appears as the first used health resource, maintaining the historical function of hosting, feeding and medicating the user, without offering interventions that include families.


Las familias participan del cuidado informal de personas en sufrimiento psíquico en Brasil, lo que incluye la identificación de la necesidad de búsqueda de servicios de salud tanto extra como hospitalarios. Este artículo tiene el objetivo de investigar, a partir del itinerario terapéutico de personas en situación de sufrimiento mental, como las familias perciben la necesidad de internación y la función de ese recurso. Participaron diez familiares de personas en tratamiento en un Centro de Atención Psicosocial (CAPS) con, al menos, una internación psiquiátrica. Se empleó un guión de entrevista semi-estructurado sobre caracterización sociodemográfica y cuestiones orientadoras sobre la demanda por servicios de salud mental y la evaluación acerca de estos, siendo el análisis efectuado a partir de la Teoría Fundamentada en Datos. La internación psiquiátrica aparece como primer recurso de salud usado, manteniendo la función histórica de hospedar, alimentar y medicar al usuario, sin oferta de intervenciones que incluyan a las familias.

15.
Fractal rev. psicol ; 32(1): 91-98, abr. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1098258

RESUMO

No Brasil, a medicalização do parto é apontada por diferentes autores e confirmada pelas estatísticas a respeito. Diante da importância deste tema, o presente trabalho teve por objetivo compreender a vivência do parto segundo relato de mulheres. Foram entrevistadas oito mulheres, de 23 a 32 anos, que tiveram pelo menos um filho pela rede pública de saúde por meio de roteiro semiestruturado. Os resultados apontaram a preferência pelo tipo de parto, o momento de ir para o hospital, a presença do acompanhante, o contato com o bebê no pós-parto, a falta de protagonismo feminino, o ambiente pouco acolhedor e a percepção sobre o atendimento. Foram apontados aspectos urgentes a serem revistos na assistência ao parto, como a falta de vínculo entre a mulher e a equipe de saúde e restrições em relação ao acompanhante, o que distancia a prática do que é definido como prioridade pela Política Nacional de Humanização.(AU)


In Brazil, many authors study the childbirth medicalization and the statics confirm it. This research aimed at learning about the childbirth experience by women attending in the public health system. Semi-structured interviews were conducted with eight womans, age 23-32 years, who gave birth in public health system was interviewed with semi-estructured script. The results showed preference of childbirth way, how the woman decided that was the moment to go to the hospital, the partner's presence, lack of empowerment, professional assistance and the first contact with the newborn. The woman showed in their histories that something must to change immediately in the childbirth experience, like: the lack of link between the woman and the health team and restrictions about the partner's presence. The reality is very different of the public policy.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Saúde da Mulher , Parto Humanizado , Medicalização
16.
SMAD, Rev. eletrônica saúde mental alcool drog ; 16(1): 1-8, jan.-mar. 2020. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1094427

RESUMO

OBJETIVO: este artigo investigou, a partir do itinerário terapêutico do usuário, a percepção dos familiares sobre o tratamento nos Centros de Atenção Psicossocial. MÉTODO: foram entrevistados dez familiares de pessoas em tratamento em Centro de Atenção Psicossocial com ao menos uma internação psiquiátrica. RESULTADOS: a internação psiquiátrica foi o primeiro serviço utilizado na rede de atenção psicossocial. O Centro de Atenção Psicossocial foi compreendido como um serviço com equipe acolhedora que, utilizando de diferentes ferramentas de cuidado, auxiliou a estabilização do quadro do usuário. Enfatizou-se o tratamento medicamentoso, visto como capaz de eliminar comportamentos indesejáveis à família. CONCLUSÃO: houve satisfação da família ao cuidado prestado pelo serviço. Alguns pontos ainda precisariam ser aprimorados para o oferecimento de cuidado mais efetivo.


OBJECTIVE: this article examined, from the therapeutic itinerary of the user, the perception of the family about the treatment in the Center of Psychosocial Care. METHOD: were interviewed ten relatives from the family of people in treatment inside the Center and with, at least, one previous psychiatric hospitalization. RESULTS: the psychiatric hospitalization was the first service realized in a psychosocial attention. The Center was understood like a service with a caring team that helped the stabilization of the user's chart by the use of different tools of care. There is an emphasis on drug treatment, seen as capable of eliminating unwanted behavior in the family. CONCLUSION: there was satisfaction of the family in the care taken by most of the service. Some topics would steel need to be upgraded to a more effective offered care.


OBJETIVO: este artículo investigó, a partir del itinerario terapéutico del usuario, la percepción de los familiares sobre el tratamiento en los Centros de Atención Psicosocial. MÉTODO: se han entrevistado a diez familiares de personas en tratamiento em el Centros de Atención Psicosocial y con al menos una internación psiquiátrica previa con ayuda de un itinerario semiestructurado. RESULTADOS: la internación psiquiátrica precedió al uso de servicio de atención psicosocial. El Centros de Atención Psicosocial fue comprendido como un servicio que ayudó a estabilizar el cuadro del usuario por el empleo de diferentes herramientas de cuidado por parte de su equipo y postura acogida dirigida a usuarios y familiares. Hay énfasis en el tratamiento medicamentoso, visto como capaz de eliminar comportamientos indeseables a la familia. CONCLUSIÓN: hubo satisfacción de la familia al cuidado dado por el servicio, en su mayoría. Diferentes puntos todavía necesitarían ser perfeccionados para el ofrecimiento de cuidado más efectivo.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Satisfação Pessoal , Pessoas Mentalmente Doentes , Tratamento Psiquiátrico Involuntário , Pesquisa sobre Serviços de Saúde , Hospitalização , Serviços de Saúde Mental
18.
Psicol. Estud. (Online) ; 25: e41796, 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1143503

RESUMO

RESUMO Este estudo apresenta como tema as explicações de familiares sobre o sofrimento psíquico pelos itinerários terapêuticos de usuários na atenção em saúde mental a partir da ótica da família. O Itinerário Terapêutico (I.T.) é entendido como todos os movimentos suscitados por grupos ou indivíduos a fim de resguardar ou recuperar a saúde, que podem impulsionar diversos recursos, desde práticas religiosas e cuidados caseiros até os dispositivos biomédicos predominantes. O objetivo deste estudo foi identificar as explicações dadas pelo familiar a respeito do problema de saúde mental da pessoa em sofrimento psíquico. Efetuou-se um estudo qualitativo em que foram realizadas dez entrevistas com familiares de usuários de um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). De acordo com a análise das entrevistas com base na Teoria Fundamentada em Dados foi possível o agrupamento das explicações dadas em: (1) espirituais, (2) orgânicas, (3) histórico familiar, (4) eventos de vida, (5) diagnóstico e (6) outros. As explicações dadas pelos familiares envolvem um olhar múltiplo, que incorpora diferentes causas e motivos, aproximando-se da ideia de integralidade em saúde.


RESUMEN En este estudio se presenta como tema las explicaciones de familiares sobre el sufrimiento psíquico por intermedio de los itinerarios terapéuticos de usuarios en la atención en salud mental a partir de la óptica de la familia. El Itinerario Terapéutico (I.T.) es entendido como todos los movimientos suscitados por grupos o individuos a fin de resguardar o recuperar la salud, que pueden impulsar diversos recursos, desde prácticas religiosas y cuidados caseros hasta los dispositivos biomédicos predominantes. El objetivo de este estudio fue identificar las explicaciones dadas por el familiar acerca del origen del problema de salud mental de la persona en sufrimiento psíquico. Se efectuó un estudio cualitativo en el que se realizaron 10 entrevistas con familiares de usuarios de un Centro de Atención Psicosocial (CAPS). De acuerdo con el análisis de las entrevistas con base en la Teoría Fundamentada en Datos fue posible la agrupación de las explicaciones dadas en: (1) Espiritual, (2) Orgánico, (3) Historia familiar, (4) Eventos de la vida (5) Diagnóstico y (6) Otros. Las explicaciones, dadas por los familiares, involucra una mirada múltiple, que incorpora diferentes causas y motivos, aproximándose a la idea de integralidad en salud.


ABSTRACT. This study presents the explanations of family members about psychological distress through the therapeutic itineraries of patients in mental health care from the perspective of the family. The Therapeutic Itinerary (T.I.) is understood as all movements raised by groups or individuals in order to safeguard or recover health, which can boost various resources, from religious practices and home care to the predominant biomedical devices. This study aimed to identify the explanations given by the family member regarding the mental health problem of the person in psychological distress. A qualitative study was carried out in which 10 interviews were conducted with family members of users of a Psychosocial Care Center (CAPS). According to the analysis of the interviews based on the Grounded Theory, it was possible to group the explanations into: (1) Spiritual, (2) Organic, (3) Family history, (4) Life events, (5) Diagnosis and (6) Others. The explanations given by family members involve a multiple look, which incorporates different causes and reasons, approaching the idea of integrality in health.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Estresse Psicológico/psicologia , Saúde Mental , Relações Familiares/psicologia , Esquizofrenia , Transtornos Somatoformes/psicologia , Diagnóstico da Situação de Saúde , Internação Compulsória de Doente Mental , Espiritualidade , Depressão/psicologia , Serviços de Saúde Mental
19.
Rev. Psicol. Saúde ; 11(3): 139-155, set.-dez. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1041380

RESUMO

Este artigo tem por objetivo geral mapear as práticas dos psicólogos nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) por meio de uma revisão integrativa de literatura publicada entre 2005 a 2014, em periódicos indexados nas bases de dados on-line Scielo, Biblioteca Virtual em Saúde e Redalyc, a partir das palavras-chave: Psicologia, Psicólogo, Centros de Atenção Psicossocial. A amostra foi composta por 12 artigos publicados de 2005 a 2012, cujas respostas à pergunta norteadora foram agrupadas em função das temáticas abordadas: (1) Atividades desenvolvidas pelo psicólogo nos CAPS; (2) A formação do psicólogo para o trabalho no CAPS e a necessidade de capacitação profissional; (3) Concluímos que é urgente o investimento em Educação Permanente e dos Cursos de Psicologia revejam o ensino das disciplinas sobre saúde pública.


This article has the objective to map the practices of psychologists in Psychosocial Care Centers (CAPS). The method chosen was the integrative literature review, with articles published from 2005 to 2014, in journals indexed in online databases Scielo, Virtual Health Library and Redalyc, from keywords: psychology, psychologist, mental health services. The sample consisted of 12 articles published from 2005 to 2012 whose answers the central question were grouped according to the subjects addressed: (1) Activities developed by psychologist at CAPS; (2) The training of psychologists to work in CAPS and need for professional training; (3) Team work. We conclude that the investment in Continuing Education is urgent and the Psychology Courses need to review the teaching of the public health disciplines.


Este artículo tiene el objetivo de mapear las prácticas de los psicólogos en Centros de Atención Psicosocial (CAPS). El método elegido fue la revisión integradora de la literatura, con artículos publicados desde 2005 hasta 2014, en revistas indexadas en bases de datos en línea Scielo, Biblioteca Virtual en Salud y Redalyc, a partir de palabras clave: psicología, psicólogo, servicios de salud mental. La muestra consistió en 12 artículos publicados 2005-2012 cuyas respuestas la pregunta central se agruparon de acuerdo con los temas tratados: (1) Las actividades desarrolladas por el psicólogo en el CAPS; (2) la formación de los psicólogos para trabajar en CAPS y la necesidad de la formación profesional; (3) el trabajo en equipo. Llegamos a la conclusión de que es urgente la inversión en Educación Continua y de los Cursos de Psicología revisen la enseñanza de las disciplinas sobre salud pública.

20.
Rev. Psicol. Saúde ; 11(1): 125-139, jan.-abr. 2019.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-990429

RESUMO

O objetivo deste artigo é apresentar o relato de experiência da implementação de uma oficina expressiva em dois centros de atenção psicossocial a partir de um estágio profissionalizante em Psicologia. As oficinas integram atualmente o rol das atividades realizadas pelos Centros de Atenção Psicossocial e podem ser classificadas como expressivas, de geração de renda e de leitura. Para a composição deste artigo, foram analisados os registros efetuados por quatro estagiários de Psicologia, sob a forma de diário de campo, ao longo de um semestre de estágio desenvolvido no ano de 2015. Cada dupla de estagiários coordenou uma oficina de argila em um Centro de Atenção Psicossocial. O espaço livre da oficina permitiu a construção de vínculo entre estagiários e usuários, o resgate de histórias de vida e a valorização da singularidade do usuário, além de contribuir para a formação profissional.


The objective of this article is to present the experience report of the implementation of an expressive workshop in two centers of psychosocial care from a professional internship in Psychology. The workshops are currently part of the activities carried out by the Psychosocial Care Centers1 and can be classified as expressive, generating income and of reading1. For the composition of this article, the records of four trainees of Psychology, in the form of a field diary, were analyzed during a semester of a traineeship developed in the year 2015. Each pair of trainees coordinated a clay workshop in a Center of Psychosocial Attention.. The free space of the workshop allowed the construction of a link between trainees and users, the rescue of life histories and the appreciation of the singularity of the user, besides contributing to the professional formation.


El objetivo de este artículo es presentar el relato de experiencia de la implementación de un taller expresivo en dos centros de atención psicosocial a partir de una etapa profesional en Psicología. Los talleres integran actualmente el rol de las actividades realizadas por los Centros de Atención Psicosocial1 y pueden ser clasificadas como expresivas, de generación de renta y de lectura1. Para la composición de este artículo, se analizaron los registros efectuados por cuatro pasantes de Psicología, en forma de diario de campo, a lo largo de un semestre de etapa desarrollado en el año 2015. Cada pareja de pasantes coordinó un taller de arcilla en un Centro de Atención Psicosocial. El espacio libre del taller permitió la construcción de vínculo entre pasantes y usuarios, el rescate de historias de vida y la valorización de la singularidad del usuario, además de contribuir a la formación profesional.

SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...