Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 3.169
Filtrar
5.
Univ. salud ; 25(1): ED1-ED3, ene.-abr. 2023.
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1424730

RESUMO

Entre los días 17 y 19 de noviembre de 2022 se realizó el 18° Coloquio de Investigación en Salud Pública en el Centro de Estudios en Salud de la Universidad de Nariño (CESUN) de la Universidad de Nariño. Este es un evento anual que se lleva a cabo por iniciativa del Doctorado Interfacultades en Salud Pública de la Universidad Nacional de Colombia, pero cada vez más participan escuelas de formación de investigadores(as) en el campo de la salud pública de todo el país y, recientemente, algunas de México.


Assuntos
Humanos , Saúde , Saúde Pública , Vida , Empatia
6.
Educ. med. super ; 37(1)mar. 2023.
Artigo em Espanhol | LILACS, CUMED | ID: biblio-1440012

RESUMO

Introducción: El Dr. C. Oscar B. Alonso Chil (1930-2021) formó parte de los médicos que permanecieron en Cuba después del triunfo de la Revolución. Fue fundador de servicios de asistencia en medicina interna y geriatría, y realizó importantes contribuciones a la docencia médica. Objetivo: Exponer la trayectoria de Oscar B. Alonso Chil como médico y docente de la medicina cubana revolucionaria, a través de su historia de vida. Métodos: Se realizó un estudio de tipo descriptivo y de corte cualitativo, donde se utilizó la técnica de la historia de vida, centrada en el aspecto profesional. Para ello se hizo una entrevista semiestructurada al testimoniante como fuente fundamental de información. Se validó el testimonio oral mediante la revisión de la documentación oficial en su expediente docente y la literatura científica existente relacionada con el tema, además de entrevistas a sus alumnos y compañeros de trabajo. Desarrollo: Se constató que fundó servicios; organizó la actividad docente; realizó tutorías, publicaciones y asesorías; y fue miembro de tribunales y consejos científicos. Cada una de sus actividades las desempeñó con gran compromiso e incondicionalidad a su profesión, lo cual le generó mucha satisfacción con la vida. Llegó a ostentar las más altas distinciones por su trabajo: Especialista de Segundo Grado en Medicina Interna, y Profesor Titular, Consultante y de Mérito de la Universidad de Ciencias Médicas de La Habana. Conclusiones: Oscar B. Alonso Chil contribuyó al desarrollo de la medina interna en Cuba en la etapa revolucionaria. Este profesor representa un modelo para los estudiantes de ciencias médicas por su prestigio profesional y científico(AU)


Introduction: Ph.D. Oscar B. Alonso Chil (b. 1930-d. 2021) was one of the physicians who stayed in Cuba after the triumph of the Revolution. He was a founder of the healthcare services for internal medicine and geriatrics, and made important contributions to medical teaching. Objective: To present the professional career of Oscar B. Alonso Chil as a physician and teacher of revolutionary Cuban medicine, through his life history. Methods: A descriptive and qualitative study was carried out, using the life history technique, focused on the professional aspect. For this purpose, a semistructured interview was conducted with the testimony witness as a fundamental source of information. The oral testimony was validated by reviewing the official documentation in his teaching file and the existing scientific literature related to the subject; in addition to interviews with his students and coworkers. Development: It was observed that he founded services, organized the teaching activity, supervised research, made publications and consultancies, and was a member of scientific boards and councils. He performed each of these activities with great commitment and unconditionality to his profession, which gave him great satisfaction with life. He achieved holding the highest distinctions for his work: second-degree specialist in Internal Medicine, as well as Full Professor, Faculty Consultant and Emeritus Professor of the University of Medical Sciences of Havana. Conclusions: Oscar B. Alonso Chil contributed to the development of internal medicine in Cuba during the revolutionary period. This professor represents a role model for students of medical sciences due to his professional and scientific prestige(AU)


Assuntos
Humanos , Médicos , Vida , Autobiografia , Pessoas Famosas , Publicações , Pesquisa , Responsabilidade Legal , Educação Médica , Docentes/história , Engajamento no Trabalho , Geriatria/educação , Medicina Interna/educação , Assistência Médica
7.
Av. psicol. latinoam ; 41(1): 1-19, ene.-abr. 2023.
Artigo em Português | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1428038

RESUMO

A satisfação com a vida tem sido descrita como um constructo psicológico que se refere à avaliação global que o indivíduo faz em relação a sua vida. O presente estudo objetiva investigar se fatores individuais (gênero e idade), socioeconômico (classe social), de autoper-cepção (nível de estresse, estado de saúde e qualida-de do sono) e de percepção de qualidade de vida na universidade (oportunidade e motivação para aprendi-zagem, ambiente social para aprendizagem, ambiente físico e equipamentos para aprendizagem, autoava-liação de conhecimento e relevância da universidade) predizem a satisfação com a vida entre universitários de instituições públicas do Estado da Bahia, Brasil. Participaram do estudo 1.506 universitários dos cursos de graduação presenciais das Universidades Federais (ufs) localizados no Estado da Bahia, sendo 537 ho-mens (35.7 %), 968 mulheres (64.3 %) e um que não identificou seu gênero, com idades entre 18 a 24 anos (63.5 %) e sem companheiro(a) (86.0 %). Os resultados indicaram que o modelo que melhor predisse a satis-fação com a vida foi aquele que incluiu classe social, nível de estresse, estado de saúde, qualidade do sono, grau de motivação, ânimo para assistir as aulas do seu curso, relacionamento com os demais colegas do seu curso e oportunidade de participação em atividades de ensino, extensão e pesquisa. Juntas, essas variáveis foram responsáveis por explicar aproximadamente 27.5 % da variância em satisfação com a vida, o que é uma razoável capacidade explicativa, se considerarmos que satisfação com a vida é um constructo psicológico, complexo e multideterminado.


La satisfacción con la vida ha sido descrita como un constructo psicológico que hace referencia a la valoración global que el individuo tiene en relación a su vida. El presente estudio tiene como objetivo investigar si factores individuales (género y edad), socioeconó-micos (clase social), autopercepción (nivel de estrés, estado de salud y calidad del sueño) y calidad de vida percibida en la universidad (oportunidad y motivación para el aprendizaje, ambiente social para el aprendizaje, ambiente físico y equipamiento para el aprendizaje, autoevaluación de conocimientos y pertinencia de la universidad) predicen la satisfacción con la vida en estudiantes universitarios de instituciones públicas del Estado de Bahía, Brasil. Participaron en el estudio 1.506 estudiantes universitarios de cursos de graduación presenciales en Universidades Federales (uf) ubicadas en el Estado de Bahía, 537 hombres (35.7 %), 968 mujeres (64.3 %) y uno que no identificó su género, edad entre 18 y 24 años (63.5 %) y sin pareja (86.0 %). Los resultados indicaron que el modelo que mejor predijo la satisfacción con la vida fue el que incluyó la clase social, el nivel de estrés, el estado de salud, la calidad del sueño, el grado de motivación, la disposición a asistir a las clases de su curso, la relación con los demás compañeros y la oportunidad de participar en actividades de docencia, extensión e investigación. En conjunto, estas variables fueron responsables de explicar aproximada-mente el 27.5 % de la varianza en la satisfacción con la vida, lo cual es una capacidad explicativa razonable, si consideramos que la satisfacción con la vida es un constructo psicológico, complejo y multideterminado.


Life satisfaction has been described as a psychological construct referring to the overall assessment the individ-ual makes regarding their life. The present study aims to investigate whether individual factors (gender and age), socioeconomic factors (social class), self-perception (level of stress, health status and quality of sleep), and perceived quaility of life at the university (opportu-nity and motivation for learning, social environment for learning, physical environment and equipment for learning, self-assessment of knowledge and relevance of the university) predict life satisfaction among university students from public institutions in the state of Bahia. In this study, 1.506 university students from undergraduate courses of the federal universities (ufs) participated in the study: 537 men (35.7 %), 969 women (64.3 %), and one student that did not identify their gender, with ages between 18 to 24 years (63.5 %) and without a partner (86.0 %). The results indicated that the model that best predicted life satisfaction was the one including social class, stress level, health status, quality of sleep, degree of motivation, willingness to attend classes in their degree, relationship with other colleagues in their degree, and opportunity to participate in teaching, ex-tension and research activities. Together these variables explained approximately 27.5 % of the variance in life satisfaction, which is a reasonable explanatory capacity if we consider that life satisfaction is a psychological, complex, and multidetermined construct.


Assuntos
Humanos , Saúde , Conhecimento , Vida , Aprendizado Social , Autoteste , Aprendizagem
9.
Porto Alegre; Editora Rede Unida;Fiocruz Ceará; 20230118. 136 p.
Monografia em Português | LILACS | ID: biblio-1427205

RESUMO

Esta obra traz as produções construídas a partir das linguagens da arte, da prosa, da poesia e da cenopoesia nos momentos de reflexão individuais e coletivos, nas ações educativas e dialógicas de interação entre os diferentes atores sociais, tanto no Curso de Especialização/Aperfeiçoamento em Educação Popular para a Promoção de Territórios Saudáveis na Convivência com o Semiárido como nas ações de interação e/ou intervenção nos territórios. Além de saborear as delícias da sabedoria trazida pelos mestres da cultura popular, podemos trazer nosso corpo inteiro para nos colocarmos no lugar que estas palavras em prosa, poesia e cenopoesia nos levam a vivenciar através das belezas que aqui se apresentam. Esta obra também nos presenteia com a possibilidade de podermos compartilhar com amigos/as, companheiros/as de luta e de jornadas os roteiros cenopoéticos, as poesias em encontros, cursos e atividades na nossa caminhada de produção de vida e libertação!


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Educação , Cursos , Cultura Popular , Saúde , Saúde Pública , Vida , Poesia
10.
J Perinat Med ; 51(1): 39-50, 2023 Jan 27.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-36087294

RESUMO

It is very complicated to give correct answer to the question "How to define human life?" Nowadays dilemmas consider the respect of human life from the birth to death involve not just biology but also other sciences like philosophy, theology, sociology, psychology, law and politics. These sciences evaluate the topic from different points of view. Integration of all of these perspectives could result with a proper definition. The principal purpose of this paper is to try to determine when a human individual begins. If this proves to be too difficult, we might have to settle for a specific stage in the reproductive process before which it would be impossible to say with any plausibility that a human individual exists. It is necessary to return the moral dimension of observation to the science of life. The point is to reconcile the universal ethical principles concerning the absolute value of life with the everyday challenges and dilemmas. It is our deepest conviction that life has an absolute value and that there always remains something indestructible and substantial in life, which may neither be evaluated by anything final, nor completely reduced to the material biological equivalent and the genetic substratum.


Assuntos
Início da Vida Humana , Vida , Humanos , Pessoalidade , Filosofia , Teologia
11.
Biosystems ; 223: 104823, 2023 Jan.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-36574923

RESUMO

Enaction is an increasingly influential approach to cognition that grew out of Maturana and Varela's earlier work on autopoiesis and the biology of cognition. As with any relatively new scientific discipline, the enactive approach would benefit greatly from a careful analysis of its theoretical foundations. Here we initiate such an analysis for one of the core concepts of enaction, precariousness. Specifically, we consider three types of fragility: systemic, processual and thermodynamic. Using a glider in the Game of Life as a toy model, we illustrate each of these fragilities and examine the relationships between them. We also argue that each type of fragility is characterized by which aspects of a system are hardwired into its definition from the outset and which aspects are emergent and hence vulnerable to disintegration without ongoing maintenance.


Assuntos
Vida , Cognição
12.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e245664, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422406

RESUMO

Com a pandemia da covid-19, o contexto universitário, que já vinha sendo palco de discussões em relação à saúde mental, tem vivenciado crises mais severas pelos estudantes. Diante deste cenário, foi desenvolvido o projeto Escuta Solidária, voltado à saúde mental dos discentes de graduação e de pós-graduação. Neste artigo, temos como objetivo discutir o atendimento psicológico online com estudantes do curso de psicologia durante o período de isolamento social rígido (maio a junho de 2020). Fizemos, com os psicólogos voluntários, um grupo focal direcionado para a experiência de atendimento psicológico online de curta duração no contexto pandêmico. Trata-se de um estudo qualitativo, realizado com os 11 psicólogos clínicos participantes do referido projeto. A partir de uma análise fenomenológica crítica, os resultados foram divididos em cinco categorias: a) limitações e contribuições do projeto; b) a importância da capacitação e supervisão clínica para a qualidade do projeto; c) atendimento psicológico online; d) ser psicólogo clínico durante a crise da covid-19; e e) demandas emergentes nos atendimentos psicológicos na quarentena. Por fim, discutimos a importância da desmistificação do atendimento psicológico em situações de crise, especialmente na modalidade online, fomentando questionamentos à formação e atuação dos profissionais, no sentido de estarmos atentos às demandas psicológicas que o contexto de crise acarreta na sociedade.(AU)


With the COVID-19 pandemic, the university context, which had already been the stage for discussions regarding mental health, has experienced more severe crises by students. In view of this scenario, the Solidarity Listening project was developed, aimed at the mental health of undergraduate and graduate students. In this article, we aim to discuss online psychological care with psychology students during the period of strict social isolation (May to June 2020). We carried out, with volunteer psychologists, a focus group aimed at the experience of short-termonline psychological care in the pandemic context. This is a qualitative study, carried out with 11 clinical psychologists participating in the aforementioned project. From a critical phenomenological analysis, the results were divided into five categories: a) limitations and contributions of the project; b) the importance of training and clinical supervision for the quality of the project; c) online psychological care; d) being a clinical psychologist during the COVID-19 crisis; and e) emerging demands in psychological care in quarantine. Finally, we discuss the importance of demystifying psychological care in crisis situations, especially in the online modality, promoting questions regarding the training and performance of professionals, to be aware of the psychological demands that the context of crisis entails in society.(AU)


La pandemia del covid-19 provocó que las universidades, que ya habían sido escenario de discusiones sobre la salud mental, experimentaran crisis más severas entre los estudiantes. Ante este escenario, se desarrolló el proyecto Escucha Solidaria, dirigido a la salud mental de estudiantes de grado y posgrado. Este artículo pretende discutir la atención psicológica en línea con estudiantes de Psicología durante el período de aislamiento social más estricto (mayo/junio de 2020). Se conformó un grupo focal con los psicólogos voluntarios orientado a la práctica de la atención psicológica en línea, a corto plazo, en el contexto de una pandemia. Se trata de un estudio cualitativo, realizado con 11 psicólogos clínicos que participaron en el mencionado proyecto. A partir del análisis fenomenológico crítico, los resultados se dividieron en cinco categorías: a) limitaciones y aportes del proyecto; b) importancia de la capacitación y la supervisión clínica para la calidad del proyecto; c) atención psicológica en línea; d) ser psicólogo clínico durante la crisis del covid-19; y e) demandas emergentes en atención psicológica en la cuarentena. Se concluye que es importante desmitificar la atención psicológica en situaciones de crisis, especialmente en la modalidad en línea, al promover principalmente preguntas sobre la formación y el desempeño de los profesionales con el fin de ser conscientes de las demandas psicológicas que el contexto de crisis conlleva la sociedad.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicologia Clínica , Serviços de Saúde para Estudantes , Assistência à Saúde Mental , Pandemias , Intervenção Baseada em Internet , COVID-19 , Ansiedade , Transtornos de Ansiedade , Política , Área de Atuação Profissional , Psicologia , Psicoterapia , Autocuidado , Transtornos do Sono-Vigília , Mudança Social , Controle Social Formal , Apoio Social , Ensino , Violência , Ferimentos e Lesões , Timidez , Mentores , Terapia Cognitivo-Comportamental , Educação em Saúde , Transtorno de Pânico , Maleabilidade , Conflito Psicológico , Diversidade Cultural , Vida , Aconselhamento , Intervenção na Crise , Democracia , Plantão Médico , Depressão , Comunicação por Videoconferência , Economia , Emergências , Emoções , Empatia , Otimização de Processos , Tecnologia da Informação , Medo , Habilidades Sociais , Sistemas de Apoio Psicossocial , Tutoria , Telepsicologia , Angústia Psicológica , Promoção da Saúde , Acesso aos Serviços de Saúde , Desenvolvimento Humano , Aprendizagem , Deficiências da Aprendizagem , Acontecimentos que Mudam a Vida , Medicina Tradicional
13.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e250265, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422421

RESUMO

Esta pesquisa qualitativa objetivou compreender, fenomenologicamente, a experiência vivida por psicoterapeutas e crianças no acontecer clínico da ludoterapia humanista. Foram realizados 26 encontros dialógicos individuais com nove psicoterapeutas e sete crianças, registrados pela pesquisadora na forma de Narrativas Compreensivas que incluíram suas impressões impactadas subjetivamente pelas falas e expressões corporais dos participantes. A análise fenomenológica culminou com a escrita de uma Narrativa Síntese. Os resultados indicam que a relação psicoterapêutica é percebida como: facilitadora do crescimento psicológico da criança; intensificadora do fluxo de mudanças ao dinamizar os processos pessoais infantis; geradora de motivação na criança para a relação interpessoal, a partir do envolvimento subjetivo do terapeuta; potencializadora da tomada de consciência com base na corporeidade; propiciadora da integração de experiências por meio do brincar; reveladora das singularidades individuais, catalisando o desenvolvimento; e, por fim, benéfica à atualização de significados e sentidos da experiência pessoal e relacional. Evidenciou-se, entre os psicoterapeutas, uma concepção da ludoterapia humanista que prioriza a compreensão dirigida ao estilo próprio de cada cliente em relação aos modos de sentir e expressar-se no mundo e à estruturação do processo psicoterapêutico a partir do relacionamento com a criança. Concluiu-se, assim, que a experiência desse tipo de relação interpessoal facilita a constituição na criança de singularidades que imprimem um sentido existencial próprio ao seu mundo de relações e historicidade. A relevância do processo psicoterapêutico para o crescimento psicológico da criança apresentou-se também pelo seu caráter psicoprofilático, reverberado no encadeamento de processos associados à experiência pessoal dela.(AU)


This qualitative research aimed to understand, phenomenologically, the lived experience of psychotherapists and children in the clinical event of humanistic play therapy. A total of 26 individual dialogical encounters were held with nine psychotherapists and seven children, registered in the form of Comprehensive Narratives by the researcher, which included her subjectively impacted impressions about the participants' speeches and body expressions. The phenomenological analysis culminated in a Synthesis Narrative. The results demonstrate that the psychotherapeutic relationship is perceived as: facilitating the child's psychological growth; intensifying the flow of change by streamlining children's personal processes; generating motivation for the child to get involved with interpersonal relationship, based on the subjective involvement of the therapist; potentiating awareness raising based on the corporeality; enabling the integration of experiences by playing; revealing the uniqueness, catalyzing development; and, finally, benefiting the updating of meanings and senses of personal and relational experience. A conception of humanistic play therapy became evident among the psychotherapists, which prioritizes the understanding directed to the own way of each client regarding how to feel and express themselves in the world and the structuring of the psychotherapeutic process based on the relationship with the child. Thus, it was concluded that the experience of this interpersonal relationship facilitates the constitution in the child of singularities that bring their own existential meaning to their world of relationships and historicity. The relevance of the psychotherapeutic process for the child's psychological growth was also shown by the psycho-prophylactic character reverberated in the processes associated with the child's personal experience.(AU)


Esta investigación cualitativa tuvo por objetivo comprender, fenomenológicamente, la experiencia vivida por psicoterapeutas y niños en ludoterapia de orientación humanista. La investigadora desarrolló 26 conversaciones dialógicas individuales con nueve psicoterapeutas y siete niños, registradas como narrativas comprensivas que incluyeron sus impresiones impactadas subjetivamente por los discursos y expresiones corporales de los participantes. El análisis fenomenológico culminó con una síntesis narrativa. Los resultados demuestran que la relación psicoterapéutica se percibe como facilitadora del crecimiento psicológico del niño; intensificadora del flujo de cambio, optimizando su procesos personales; generadora de motivación para que el niño se involucre en la relación interpersonal a partir del envolvimiento subjetivo del terapeuta; potenciadora de la toma de conciencia a partir de la corporeidad; propiciadora de la integración de las experiencias por medio del juego; reveladora de singularidades individuales al catalizar el desarrollo; y beneficiosa para actualizar los significados y sentidos de la experiencia personal e relacional. Entre los psicoterapeutas se hizo evidente una concepción de ludoterapia humanista que prima por comprender la forma propia del cliente de sentirse y expresarse y la estructuración del proceso psicoterapéutico a partir de la relación con el niño. Se concluyó que la vivencia de este tipo de relación facilita la constitución en el niño de singularidades que le aportan un sentido existencial a su mundo de relación e historicidad. La relevancia del proceso psicoterapéutico para el crecimiento psicológico también se mostró por su carácter psicoprofiláctico, que reverberó en la cadena de procesos asociados con la experiencia personal del niño.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Ludoterapia , Fenômenos Psicológicos , Psicologia Clínica , Individualidade , Aprendizagem , Ansiedade , Pediatria , Personalidade , Arteterapia , Psicologia , Psicologia Social , Agitação Psicomotora , Psicoterapia , Recreação , Atenção , Instituições Acadêmicas , Autocuidado , Autoimagem , Comportamento Social , Esportes , Terapia Comportamental , Estimulação Acústica , Timidez , Luto , Divórcio , Criança , Comportamento Infantil , Psicologia da Criança , Educação Infantil , Saúde da Criança , Cognição , Violência Doméstica , Transtornos da Comunicação , Vida , Disciplinas e Atividades Comportamentais , Desenho , Literatura Infantojuvenil , Criatividade , Afeto , Terapias Sensoriais através das Artes , Confiança , Pesquisa Qualitativa , Agressão , Depressão , Dislexia , Educação , Emoções , Empatia , Ética , Relações Familiares , Experiências Adversas da Infância , Separação da Família , Respeito , Psicoterapia Interpessoal , Angústia Psicológica , Funcionamento Psicossocial , Terapia Gestalt , Diversidade, Equidade, Inclusão , Desenvolvimento Humano , Humanismo , Identificação Psicológica , Aculturação , Relações Interpessoais , Transtornos da Linguagem , Deficiências da Aprendizagem , Musicoterapia , Psicoterapia Centrada na Pessoa
14.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e247962, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422424

RESUMO

Resumo Conceitos como o de alteridade, encontro de saberes, polifasia cognitiva, o princípio de familiaridade e de representações sociais operaram na complexa tarefa de compreender como os encontros entre profissionais e usuários sustentavam e/ou transformavam as práticas de acolhimento. Entretanto, a experiência da minha pesquisa de doutorado me levou a questionar os próprios conceitos utilizados da Teoria das Representações Sociais. Ao final do ensaio, após discutir aspectos teórico-metodológicos, o princípio de familiaridade e a questão da tensão e dos afetos nas representações sociais, espero evidenciar como o movimento provocado pelo encontro com usuários e profissionais de uma Rede de Atenção Psicossocial levou-me a questionar pontos essenciais da teoria: o papel domesticador das representações, a forma ainda estática de evidenciar os fenômenos, a separação entre um sujeito que representa e o objeto representado e a dificuldade em usar suas ferramentas conceituais para acompanhar processos me fazem repensar meu lugar e minha função de pesquisador.


Abstract Concepts such as alterity, encounter of knowledge, cognitive polyphasia, the principle of familiarity and the very concept of social representations operated in the complex task of understanding how the encounters between professionals and users supported and / or transformed user embracement practices. However, the experience of my doctoral research led me to question the very concepts used in the Theory of Social Representations. At the end of the essay, after discussing theoretical and methodological aspects, the principle of familiarity and the issue of tension and affects in social representations, I hope to show how the movement caused by the encounter with users and professionals of a Psychosocial Care Network, led me to question essential points of the theory: the domesticating role of representations, the still static way of showing phenomena, the separation between a subject that represents and the object represented and the difficulty in using their conceptual tools to accompany processes makes me rethink my place and role as a researcher.


Resumen Conceptos como la alteridad, el encuentro de saberes, la polifasia cognitiva, el principio de familiaridad y el concepto mismo de representaciones sociales operaron en la compleja tarea de comprender cómo los encuentros entre profesionales y usuarios apoyaron y / o transformaron las prácticas de acogimiento. Sin embargo, la experiencia de mi investigación doctoral me llevó a cuestionar los propios conceptos utilizados en la Teoría de las Representaciones Sociales. Al final del ensayo, después de discutir aspectos teóricos y metodológicos, el principio de familiaridad y el tema de tensión y afectos en las representaciones sociales, Espero mostrar cómo el movimiento provocado por el encuentro con usuarios y profesionales de una Red de Atención Psicosocial, me llevó a cuestionar puntos esenciales de la teoría: el rol domesticador de las representaciones, la forma todavía estática de mostrar los fenómenos, la separación entre un sujeto que representa y el objeto representado y la dificultad para utilizar sus herramientas conceptuales para acompañar procesos, me hace repensar mi lugar y rol como investigador.


Assuntos
Humanos , Psicologia Social , Pesquisa Qualitativa , Representação Social , Dor , Política , Preconceito , Psiquiatria , Psicologia , Política Pública , Reabilitação , Delitos Sexuais , Isolamento Social , Apoio Social , Fatores Socioeconômicos , Sociologia , Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos , Síndrome de Abstinência a Substâncias , Condições Patológicas, Sinais e Sintomas , Pensamento , Desemprego , Vigilância Sanitária , Pessoas Mal Alojadas , Família , Drogas Ilícitas , Higiene , Saúde Mental , Cocaína Crack , Vida , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Sintomas Afetivos , Estado , Agressão , Transtorno Depressivo , Economia , Empatia , Metodologia como Assunto , Acolhimento , Ética , Fadiga Mental , Usuários de Drogas , Overdose de Drogas , Fadiga por Compaixão , Ajustamento Emocional , Pessimismo , Trauma Psicológico , Reabilitação Psiquiátrica , Estresse Ocupacional , Incivilidade , Sobrevivência , Cosmovisão , Liberdade , Autonegligência , Solidariedade , Angústia Psicológica , Insegurança Alimentar , Ambiente Domiciliar , Vulnerabilidade Social , Homicídio , Hospitais Psiquiátricos , Inteligência , Acontecimentos que Mudam a Vida , Solidão , Transtornos Mentais
15.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e249818, 2023. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422405

RESUMO

Trata-se de estudo quantitativo correlacional com objetivo de testar um modelo em que Bem-Estar no Trabalho (BET) é explicado pelas Condições Favoráveis e Desfavoráveis para a Criatividade no Ambiente de Trabalho de psicólogos que trabalham nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social de Minas Gerais. Após a aprovação do Comitê de Ética, contatos dos centros foram localizados via arquivo público digital. O convite foi enviado por e-mail com o link de acesso ao Termo de Consentimento Livre e Esclarecido; Questionário com Dados Demográficos e Funcionais; Escala de Bem-estar no Trabalho; e Indicadores de Condições para Criar no Ambiente de Trabalho. A medida de BET contempla Afeto Positivo, Afeto Negativo e Realização Pessoal e Profissional; enquanto há seis Condições Favoráveis e três Desfavoráveis à Criatividade no Trabalho. As escalas multidimensionais apresentam evidências de validade e resposta Likert de cinco pontos. Os dados foram analisados a partir de estatísticas descritivas e inferenciais, regressão múltipla padrão para teste do modelo e Alfa de Cronbach para verificação da fidedignidade das escalas. A amostra de conveniência contou com 145 psicólogos, majoritariamente mulheres (n=125), com pós-graduação lato senso (n=102) e vínculo estatutário (n=74). As maiores médias encontradas foram Realização Pessoal e Profissional (M=3.47; DP=0.65), Atividades Desafiantes (M=3.50; DP=0.68), e Excesso de Serviços e Escassez de Tempo (M=3.51; DP=0.85). Os resultados apontam que as Condições para a Criatividade no Trabalho contribuem significativamente para as três dimensões de BET, demonstrando a importância de promover um contexto propício à criatividade e ao bem-estar dos trabalhadores.(AU)


This is a quantitative correlational study aiming to test a model in which Well-Being at Work (WBW) is explained by the Favorable and Unfavorable Conditions for Creativity in the Work Environment of psychologists who work in the Specialized Reference Centers for Social Assistance in Minas Gerais (CREAS-MG). After approval by the Ethics Committee, contacts of the centers were located via public digital file. The invitation was sent by e-mail with the link to access the Informed Consent Form; Questionnaire with Demographic and Functional Data; Workplace Well-Being Scale; and Indicators of Conditions for Creating in the Workplace. The WBW measures Positive Affection, Negative Affection, and Personal and Professional Fulfillment; alongside six Favorable Conditions and three Unfavorable Conditions for Creativity at Work. Multidimensional scales provide evidence of validity and a five-point Likert response. Data were analyzed based on descriptive and inferential statistics, standard multiple regression to test the model and Cronbach's Alpha to verify the reliability of the scales. The convenience sample consisted of 145 psychologists, mostly women (n=125), with lato sensu post-graduation (n=102), and statutory employment (n=74). The highest means are Personal and Professional Fullfilment (M=3.47; SD=0.65), Challenging Activities (M=3.50; SD=0.68), and Excessive Services and Shortage of Time (M=3.51; SD=0.85). The results indicate that the Conditions for Creativity at Work significantly contribute to the three dimensions of WBW and demonstrate the importance of promoting a context conducive to creativity and well-being of workers.(AU)


Este estudio cuantitativo correlacional tuvo el objetivo de probar un modelo en el que el bienestar en el trabajo (BET) se explica por las condiciones favorables y desfavorables para la creatividad en el ambiente laboral de los psicólogos que laboran en los Centros de Referencia Especializados en Asistencia Social en Minas Gerais. Tras la aprobación del Comité de Ética, se buscaron los contactos de estos centros en un archivo digital público. La invitación enviada por correo electrónico contenía el enlace para acceder al Formulario de Consentimiento Informado, al Cuestionario con Datos Demográficos y Funcionales, a la Escala de Bienestar Laboral y a los Indicadores de Condiciones para la Creación en el Lugar de Trabajo. La medida BET incluye afecto positivo, afecto negativo y realización personal y profesional; mientras que la otra medida cubre seis condiciones favorables y tres condiciones desfavorables para la creatividad en el trabajo. Las escalas multidimensionales proporcionan evidencia de validez y una respuesta Likert de cinco puntos. Para el análisis de datos se utilizó estadística descriptiva e inferencial, regresión múltiple estándar para probar el modelo y Alfa de Cronbach para verificar la confiabilidad de las escalas. La muestra de conveniencia consistió en 145 trabajadores, en su mayoría mujeres (n=125), con posgrado lato sensu (n=102) y empleo estatutario (n=74). Los promedios más altos son el logro personal y profesional (M=3,47; DE=0,65), las actividades desafiantes (M=3,50; DE=0,68), el exceso de servicios y la escasez de tiempo (M=3,51; DE=0,85). Los resultados indican que las condiciones para la creatividad en el trabajo contribuyen significativamente a las tres dimensiones de BET y demuestran la importancia de promover un contexto propicio para la creatividad y el bienestar de los trabajadores.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Política Pública , Apoio Social , Trabalho , Criatividade , Bem-Estar Psicológico , Satisfação Pessoal , Reorganização de Recursos Humanos , Aptidão , Psicologia , Comportamento Social , Serviço Social , Fatores Socioeconômicos , Estresse Fisiológico , Esgotamento Profissional , Cultura Organizacional , Saúde Ocupacional , Técnicas Psicológicas , Hospitais com Fins Lucrativos , Local de Trabalho , Guias de Prática Clínica como Assunto , Comunicação , Comportamento Competitivo , Maleabilidade , Vida , Internet , Absenteísmo , Eficiência , Emoções , Resiliência Psicológica , Psicologia Positiva , Felicidade , Física Médica , Direitos Humanos , Acontecimentos que Mudam a Vida , Motivação
16.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e249352, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422397

RESUMO

Com este estudo buscou-se conhecer as dificuldades e barreiras de pais na educação sexual de jovens com Síndrome de Down, a partir de uma pesquisa descritiva e de natureza qualitativa, utilizando-se o conceito das representações sociais como referencial teórico-metodológico. O estudo foi conduzido em uma Organização Não Governamental (ONG), localizada em Recife (PE), após aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa, sob parecer consubstanciado 3.558.587. A amostra do estudo envolveu 11 pais de jovens com Síndrome de Down com idades entre 15 e 24 anos. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas. A abordagem escolhida para a interpretação desses dados foi a análise de conteúdo proposta por Bardin. Pode-se elencar como principais dificuldades enfrentadas pelos pais ao conversarem com seus filhos sobre sexualidade: a infantilização do jovem com Síndrome de Down, julgando-o incapaz de experienciar tais fenômenos e compreender a orientação que pudesse ser repassada; o medo em ultrapassar etapas e, de repente, "estimular" o filho a viver sua sexualidade de maneira "precoce"; e o fato de os pais também terem recebido pouca ou nenhuma orientação sexual por parte de suas famílias. Diante das narrativas dos pais, é possível perceber que ainda são muitos os mitos, tabus e preconceitos que permeiam a sexualidade dos jovens com Síndrome de Down, demonstrando que os responsáveis estão despreparados para dar as devidas orientações.(AU)


This study sought to know the difficulties and barriers of parents in the sexual education of young people with Down Syndrome, from a descriptive, qualitative study, using the concept of social representations as a theoretical-methodological framework. The study was conducted in a Non-Governmental Organization (NGO), located in Recife (PE) after approval by the Ethics and Research Committee, under substantiated opinion 3,558,587. The study sample involved 11 parents of young people with Down Syndrome aged between 15 and 24 years. The data collection was carried out by using semi-structured interviews. The approach chosen for interpretation of these data was the content analysis proposed by Bardin. The main difficulties faced by parents in talking with their children about sexuality can be listed as: the infantilization of young persons with Down Syndrome, deeming them incapable of experiencing such phenomena and understanding the guidance that could be given; the fear of overshooting the stages and, suddenly, "stimulating" the child to live their sexuality in an "early" way; and the facts of the parents also having received little or no sexual guidance from their families. Given the parents' narratives, it is possible to realize that there are still many myths, taboos, and prejudices that permeate the sexuality of young people with Down Syndrome, demonstrating that parents were unprepared to provide the right guidance.(AU)


Este estudio buscó conocer las dificultades y barreras de los padres en la educación sexual de los jóvenes con síndrome de Down a partir de un estudio descriptivo, cualitativo, que utilizó el concepto de representaciones sociales como marco teórico-metodológico. La investigación se llevó a cabo en una Organización No Gubernamental (ONG), ubicada en la ciudad de Recife (Pernambuco, Brasil), después de la aprobación del Comité de Ética e Investigación, bajo la opinión fundamentada 3.558.587. La muestra del estudio incluyó a 11 padres de jóvenes con síndrome de Down con edades comprendidas entre 15 y 24 años. La recolección de datos se realizó mediante entrevista semiestructurada. El enfoque elegido para la interpretación de los datos fue el análisis de contenido propuesto por Bardin. Pueden enumerarse como las principales dificultades que enfrentan los padres para hablar sobre la sexualidad con sus hijos: la infantilización del joven con síndrome de Down, considerándolo incapaz de experimentar tales fenómenos y comprender la orientación que se le puede dar; el miedo de ir más allá de las etapas y, de repente, "estimular" al niño a vivir su sexualidad de una manera "temprana"; y el hecho de que los padres también habían recibido poca o ninguna orientación sexual de sus familias. Dadas las narraciones de los padres, es posible darse cuenta de que todavía hay muchos mitos, tabúes y prejuicios sobre la sexualidad de los jóvenes con síndrome de Down, lo que muestra que los padres no estaban preparados para brindarles este tipo de orientación.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Pais , Educação Sexual , Síndrome de Down , Sexualidade , Pedofilia , Psicologia , Qualidade de Vida , Repressão Psicológica , Instituições Acadêmicas , Autoimagem , Sexo , Delitos Sexuais , Vergonha , Ajustamento Social , Isolamento Social , Responsabilidade Social , Valores Sociais , Pensamento , Trissomia , Vocabulário , Organização Mundial da Saúde , Biologia , Homossexualidade , Casamento , Infecções Sexualmente Transmissíveis , Saúde Mental , Puberdade , Pessoas com Deficiência , Cognição , Privacidade , Vida , Cultura , Acesso à Informação , Comunicação Interdisciplinar , Confiança , Educação Especial , Literatura Erótica , Comportamento Exploratório , Fantasia , Prazer , Discriminação Social , Fatores de Proteção , Respeito , Solidariedade , Integração Social , Estado Funcional , Culpa , Hormônios , Desenvolvimento Humano , Aculturação , Relações Interpessoais , Libido , Amor , Masturbação , Menstruação , Deficiência Intelectual , Moral
17.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e244855, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422402

RESUMO

O objetivo deste estudo foi refletir sobre os efeitos da não adesão ao tratamento para a equipe de saúde e sobre as ações/reações da equipe que podem causar a não adesão ao tratamento. A amostra foi composta por 10 profissionais de saúde. O instrumento de coleta de dados foi uma entrevista semiestruturada. O material coletado foi submetido à análise temática, e discussão foi baseada na psicanálise. Como resultado, verificou-se que os profissionais relacionaram a não adesão às carências percebidas nos pacientes. Também foi identificada a presença de um ciclo de encaminhamentos, o qual, por vezes, significava uma tentativa de eliminar um incômodo (a não adesão), mas, em contrapartida, o causava. Verificou-se também a presença de confusão entre cuidado e controle, produzindo relações permeadas por desconfiança, verificação e correção. Percebeu-se, ainda, relação entre não adesão e frustração, seja porque o tratamento é insuficiente para evitar o sofrimento do paciente, seja pelo desconforto advindo da não cooperação do paciente. Ao final, como efeitos para a equipe, evidenciou-se a presença de profissionais envolvidos por um discurso de frustração, desvalorização e impotência. Como efeitos da equipe, verificou-se que profissionais também podem produzir aquilo de que se queixam, pelos lugares subjetivos que delineiam e cristalizam. A partir disso, problematiza-se o sentido que a não adesão pode assumir, e é importante considerá-la como um sinal que pode revelar os percalços (e as possíveis resoluções) do contrato relacional entre paciente e equipe.(AU)


The objective of this study was to reflect about the effects of non-adherence to the treatment for the health team and about the actions/reactions of the team that may can cause the non-adherence to the treatment. The sample consisted of 10 health professionals. The data collection instrument was a semi-structured interview. The material collected was submitted to thematic analysis, and the discussion was based on psychoanalysis. As a result, it was verified that the professionals related non-adherence to needs perceived on patients. The presence of a referral cycle was also identified, which, sometimes, meant an attempt to eliminate a nuisance (the non-adherence) but, instead, caused it. It was also verified the presence of confusion between care and control, producing relations permeated by distrust, verification, and correction. The link between non-adherence and frustration was also observed, either due to the treatment being insufficient to avoid the suffering of the patient; or by the discomfort from the non-cooperation of the patient. At the end, as effects for the team, professionals involved by a discourse of frustration, devaluation, and impotence were evidenced. As effects of the team, it has been found that professionals can also produce what they complain about, by the subjective places that were delineate and crystallize. Thus, we problematize the meaning non-adherence may assume, and considering it a signal that can reveal the mishaps (and possible resolutions) of the relational contract between patient and team is important.(AU)


El objetivo de este estudio fue reflexionar sobre los efectos de la no adherencia al tratamiento para el equipo de salud y sobre las acciones/reacciones del equipo que pueden causar la no adherencia al tratamiento. La muestra estuvo conformada por diez profesionales de la salud. El instrumento de recolección de datos fue una entrevista semiestructurada. El material recolectado fue sometido a análisis temático, y se utilizó el psicoanálisis para discutir el material. El resultado constató que los profesionales entendieron la no adherencia como una carencia/necesidad de los pacientes. También se identificó la presencia de un ciclo de derivación, que a veces significó un intento de eliminar una molestia (falta de adherencia), pero que puede generar el problema. También se verificó la presencia de confusión entre cuidado y control, produciendo relaciones permeadas de desconfianza, verificación y corrección. También se observó el vínculo entre la no adherencia y la frustración, ya sea porque el tratamiento es insuficiente para evitar el sufrimiento del paciente o por la incomodidad que produce la falta de cooperación del paciente. Al final, como efectos para el equipo, se evidenciaron profesionales envueltos por la frustración, la devaluación y la impotencia. Como efectos del equipo, se constató que los profesionales también pueden producir lo que quejan desde los lugares subjetivos que fueron delineados y cristalizados. Así se discute el sentido que puede asumir la no adherencia, y es importante considerarla como señal de los percances (y posibles resoluciones) del contrato relacional entre paciente y equipo.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Equipe de Assistência ao Paciente , Pessoal de Saúde , Cooperação e Adesão ao Tratamento , Orientação , Dor , Patologia , Pacientes , Farmacologia , Pobreza , Psicanálise , Psicologia , Psicoterapia , Isolamento Social , Comportamento , Esgotamento Profissional , Família , Enfermagem , Modalidades de Fisioterapia , Violência Doméstica , Progressão da Doença , Vida , Carência Cultural , Morte , Mecanismos de Defesa , Diabetes Mellitus , Diagnóstico , Dieta , Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos , Economia , Educação , Ciências da Nutrição , Adesão à Medicação , Tristeza , Respeito , Intervenção Psicossocial , Hospitalização , Anemia Falciforme , Estilo de Vida , Negativismo , Obesidade
18.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e222817, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431127

RESUMO

No decorrer da história, sempre foram infindáveis os casos em que os sujeitos recorriam a centros espíritas ou terreiros de religiões de matrizes africanas em decorrência de problemas como doenças, desempregos ou amores mal resolvidos, com o objetivo de saná-los. Por conta disso, este artigo visa apresentar os resultados da pesquisa relacionados ao objetivo de mapear os processos de cuidado em saúde ofertados em três terreiros de umbanda de uma cidade do litoral piauiense. Para isso, utilizamos o referencial da Análise Institucional "no papel". Os participantes foram três líderes de terreiros e os respectivos praticantes/consulentes dos seus estabelecimentos religiosos. Identificamos perspectivas de cuidado que se contrapunham às racionalidades biomédicas, positivistas e cartesianas, e faziam referência ao uso de plantas medicinais, ao recebimento de rezas e passes e à consulta oracular. A partir desses resultados, podemos perceber ser cada vez mais necessário, portanto, que os povos de terreiros protagonizem a construção, implementação e avaliação das políticas públicas que lhe sejam específicas.(AU)


In history, there have always been endless cases of people turning to spiritual centers or terreiros of religions of African matrices due to problems such as illnesses, unemployment, or unresolved love affairs. Therefore, this article aims to present the research results related to the objective of mapping the health care processes offered in three Umbanda terreiros of a city on the Piauí Coast. For this, we use the Institutional Analysis reference "on Paper." The participants were three leaders of terreiros and the respective practitioners/consultants of their religious establishments. We identified perspectives of care that contrasted with biomedical, positivist, and Cartesian rationalities and referred to the use of medicinal plants, the prescript of prayers and passes, and oracular consultation. From these results, we can see that it is increasingly necessary, therefore, that the peoples of the terreiros lead the construction, implementation, and evaluation of public policies that are specific to them.(AU)


A lo largo de la historia, siempre hubo casos en los cuales las personas buscan en los centros espíritas o terreros de religiones africanas la cura para sus problemas, como enfermedades, desempleo o amoríos mal resueltos. Por este motivo, este artículo pretende presentar los resultados de la investigación con el objetivo de mapear los procesos de cuidado en salud ofrecidos en tres terreros de umbanda de una ciudad del litoral de Piauí (Brasil). Para ello, se utiliza el referencial del Análisis Institucional "en el Papel". Los participantes fueron tres líderes de terreros y los respectivos practicantes / consultivos de los establecimientos religiosos que los mismos conducían. Se identificaron perspectivas de cuidado que se contraponían a las racionalidades biomédicas, positivistas y cartesianas, y hacían referencia al uso de plantas medicinales, al recibimiento de rezos y pases y a la consulta oracular. Los resultados permiten concluir que es cada vez más necesario que los pueblos de terreros sean agentes protagónicos de la construcción, implementación y evaluación de las políticas públicas destinadas específicamente para ellos.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Religião , Medicina Tradicional Africana , Prática Clínica Baseada em Evidências , Assistência Religiosa , Permissividade , Preconceito , Psicologia , Racionalização , Religião e Medicina , Autocuidado , Ajustamento Social , Classe Social , Identificação Social , Valores Sociais , Sociedades , Fatores Socioeconômicos , Espiritualismo , Estereotipagem , Tabu , Terapêutica , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Negro ou Afro-Americano , Terapias Complementares , Etnicidade , Comportamento Ritualístico , Filosofia Homeopática , Lachnanthes tinctoria , Processo Saúde-Doença , Comparação Transcultural , Eficácia , Coerção , Assistência Integral à Saúde , Conhecimento , Vida , Cultura , África , Terapias Mente-Corpo , Terapias Espirituais , Cura pela Fé , Espiritualidade , Dança , Desumanização , Populações Vulneráveis , Biodiversidade , Grupos Raciais , Humanização da Assistência , Acolhimento , Estudos Populacionais em Saúde Pública , Etnologia , Inteligência Emocional , Horticultura Terapêutica , Estigma Social , Etarismo , Racismo , Violência Étnica , Escravização , Normas Sociais , Chás de Ervas , Folclore , Direitos Culturais , Etnocentrismo , Liberdade , Solidariedade , Angústia Psicológica , Empoderamento , Inclusão Social , Liberdade de Religião , Cidadania , Quilombolas , Medicina Tradicional Afro-Americana , População Africana , Profissionais de Medicina Tradicional , História , Direitos Humanos , Individualidade , Atividades de Lazer , Estilo de Vida , Magia , Cura Mental , Antropologia , Medicina Antroposófica , Grupos Minoritários , Moral , Música , Misticismo , Mitologia , Ocultismo
19.
Psicol. Estud. (Online) ; 28: e54693, 2023. graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1514627

RESUMO

RESUMO Este artigo tem como objetivo compreender como ocorre o compartilhamento de vivências de perda e apoio social tecido nas redes sociais significativas de pessoas enlutadas. O estudo qualitativo foi desenvolvido com 12 pessoas que perderam um membro familiar. Para a coleta de dados utilizaram-se a entrevista semiestruturada e o mapa de redes, e para a organização e integração dos dados foram utilizados os procedimentos de codificação da Teoria Fundamentada. Destacam-se os diferentes atores envolvidos num macro e microssistema de relacionamentos formados em torno do apoio à expressão e compartilhamento de vivências de luto. Assim, familiares, amigos, profissionais de saúde, colegas de trabalho e estudo desenvolveram um processo relacional de dar e receber apoio emocional, companhia social e ajuda material à pessoa em luto. Por sua vez, as características dos vínculos interpessoais do enlutado com os membros de sua rede, como a multidimensionalidade, a história da relação, disponibilidade e reciprocidade, facilitaram o compartilhamento das vivências de luto. Sob a perspectiva da promoção da saúde, cabe aos profissionais potencializar o apoio social que é adequado a cada pessoa enlutada tendo em vista os recursos de apoio disponíveis na sua rede de relações significativas. Considera-se que é pelo protagonismo do enlutado e o apoio dado e percebido no contexto das redes sociais significativas que é possível ocorrer a integração psicossocial de pessoas enlutadas que vivem uma situação de luto na contemporaneidade.


RESUMEN Este artículo tiene como objetivo entender cómo se comparten las experiencias de duelo de personas dolientes y el apoyo social brindado por importantes redes sociales. El estudio se desarrolló con 12 personas que perdieron a un familiar. Para la coleta de datos, se utilizaron una entrevista semiestructurada y mapa de red, y para la organización e integración de datos, se utilizaron los procedimientos de codificación de la Teoría Fundamentada. Se analizan los diferentes actores involucrados en un sistema de relación macro y micro formado para apoyar la expresión y compartir experiencias de duelo. Por lo tanto, familiares, amigos, profesionales de la salud, compañeros de trabajo y estudio desarrollaron un proceso relacional de dar y recibir apoyo emocional, compañía social y ayuda material en el duelo. A su vez, las características de los lazos interpersonales del doliente con los miembros de su red, como la multidimensionalidad, la historia de la relación, la disponibilidad y la reciprocidad, facilitó el intercambio de experiencias de duelo. Desde la perspectiva de la promoción de la salud, corresponde a los profesionales mejorar el apoyo social apropiado para cada persona en vista de los recursos de apoyo disponibles en su red de relaciones significativa. Se considera que es debido al protagonismo del doliente y al apoyo brindado en el contexto de redes sociales significativas que es posible que ocurra la integración psicosocial de personas afligidas que viven en una situación de duelo en los tiempos contemporáneos.


ABSTRACT This article aims to understand the experiences of loss and social support in significant social networks of bereaved people. The qualitative study involved 12 people who lost a family member during their adult life. For the data collection, I used semi-structured interviews and network maps, and for the organization and integration of the data, we used the coding procedures of the Grounded Theory. The different actors involved in a macro and micro relationship system formed around supporting expression and sharing experiences of mourning for the bereaved people are analyzed. Thus, family members, friends, health professionals, co-workers and study developed a relational process of giving and receiving emotional support, social companionship and material help in grieving. In turn, the characteristics of the mourner's interpersonal bonds with members of his network, such as multidimensionality, the history of the relationship, availability and reciprocity, facilitated the sharing of mourning experiences. From the perspective of the promotion of health, it corresponds to the professionals who improve the appropriate social support for each person in view of the support resources available in their network of significativ relationships.It is considered that it is because of the protagonism of the mourner and the support given in the context of significant social networks that it is possible to occur the psychosocial integration of bereaved people who live in a situation of mourning in contemporary times.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Luto , Morte , Tristeza , Relações Interpessoais , Apoio Social , Vida , Amigos , Rede Social , Apoio Familiar/psicologia
20.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e250951, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448948

RESUMO

Este artigo tem por objetivo identificar e discutir alguns estratagemas psicológicos utilizados por movimentos conservadores e autoritários recentemente difundidos no Brasil - em especial, pelo Movimento Escola sem Partido -, em relação a temas como sexualidade e gênero, que atualmente foram incluídos como essenciais à formação escolar. Com esse propósito, empenhamo-nos em compreender a perspectiva cultural em que se apoiam e o modo como a articulam, ideologicamente, para inviabilizar o debate sobre eles. A partir da análise dos Projetos de Lei 246/2019 e 1859/2015, identificamos estratégias conservadoras que, autoritariamente, deslegitimam sua inclusão na formação escolar. Dentre elas, pareceu-nos urgente investigar a instrumentalização da religião, pois favorece a subordinação da crença religiosa, sobretudo associada ao conservadorismo moral imbricado na tradição cristã brasileira, ao discurso político autoritário. Assim como os movimentos fascistas que, nos Estados Unidos da década de 1930, reivindicavam um ordenamento autoritário e opressor da sociedade por meio do apelo a conteúdos religiosos instrumentalizados para esse fim, atualmente, o discurso religioso também é utilizado como forma de suscitar adesão ao conservadorismo social e político e de justificar preconceitos arraigados. Constatamos que a instrumentalização da religião é uma forma de justificar a permanência de valores conservadores na escola e na sociedade, bem como de reiterar o modelo de família heterossexual monogâmica e a ordem patriarcal. Por meio de estratagemas como esses, os movimentos conservadores e autoritários, articulados em função da negação da diversidade sexual e de gênero, impedem que a escola se constitua como espaço democrático e diverso.(AU)


This paper identifies and discusses the psychological ploys employed by recent conservative and authoritarian movements in Brazil, particularly the School without Party movement, against topics like sexuality and gender, which are currently included as essential to school education. To do so, we sought to understand their cultural basis and how they are ideologically articulated to prevent school debate around these topics. By analyzing Bills 246/2019 and 1859/2015, we identified some conservative strategies that authoritatively delegitimize their inclusion in school education. Chief among them is the instrumentalization of religion, since it favors subordinating religious belief, mainly associated with traditional Christian moral conservatism, to authoritarian political discourse. Similar to the fascist movements in the 1930s United States that claimed an authoritarian and oppressive ordering of society by appealing to religious content, religious speech is currently instrumentalized to encourage social and political conservatism adherence and to justify deep-seated prejudices. Religion instrumentalization is used to justify upholding conservative values at school and in society, as well as to reiterate the monogamous heterosexual family model and patriarchy. Through such ploys, authoritarian and conservative movements, articulated around denying sexual and gender diversity, prevent the school from becoming a democratic and diverse environment.(AU)


Este artículo tiene por objetivo identificar y discutir algunas de las estratagemas psicológicas que utilizan los movimientos conservadores y autoritarios, difundidas recientemente en Brasil, en particular por el Movimiento Escuela sin Partido, con relación a temas como sexualidad y género, que actualmente se incluyeron en la formación escolar. Con este propósito, se pretende comprender la base cultural en la que se han apoyado y cómo la articulan ideológicamente para hacer inviable el debate sobre ellas. A partir de análisis de los Proyectos de Ley 246/2019 y 1859/2015, se identificaron estrategias conservadoras que, autoritariamente, deslegitiman la inclusión de estos temas en la formación escolar. Entre ellas, parece urgente analizar la instrumentalización de la religión, porque favorece la subordinación de la creencia religiosa al discurso político autoritario, sobre todo asociada al conservadurismo moral presente en las vertientes del cristianismo brasileño. Al igual que los movimientos fascistas en los Estados Unidos en los años 1930 que reivindicaban una planificación autoritaria de la sociedad mediante un llamado a contenidos religiosos instrumentalizados, actualmente se utiliza el discurso religioso como forma de promover la adhesión al conservadurismo social y político y de justificar los prejuicios. Se constata que la instrumentalización de la religión es un modo de justificar la permanencia de valores conservadores en la escuela, así como de confirmar el modelo de familia heterosexual monógama y el orden patriarcal. Estos estratagemas que son utilizados por los movimientos conservadores y autoritarios, articulados en función de la negación de la diversidad sexual y de género, impiden que la escuela sea democrática y diversa.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Política , Religião , Instituições Acadêmicas , Sexualidade , Identidade de Gênero , Sistemas Políticos , Psicologia , Psicologia Social , Política Pública , Racionalização , Papel (figurativo) , Ciência , Educação Sexual , Autoritarismo , Classe Social , Meio Social , Previdência Social , Fatores Socioeconômicos , Estereotipagem , Ensino , Pensamento , Transexualidade , Inclusão Escolar , Bissexualidade , Desenvolvimento Tecnológico , Saúde Mental , Comissão de Ética , Comunismo , Diversidade Cultural , Feminismo , Vida , Discurso , Modernização do Setor Público , Cultura , Capitalismo , Poder Público , Atenção à Saúde , Democracia , Protestantismo , Grupos Raciais , Direitos Sexuais e Reprodutivos , Economia , Educação , Educação Profissionalizante , Escolaridade , Metodologia como Assunto , Estudos Populacionais em Saúde Pública , Saúde Reprodutiva , Sexismo , Tutoria , Fascismo , Ativismo Político , Práticas Interdisciplinares , Etnocentrismo , Extremismo , Opressão Social , Transversalidade de Gênero , Vulnerabilidade Sexual , Normas de Gênero , Binarismo de Gênero , Estudos de Gênero , Políticas Inclusivas de Gênero , Respeito , Políticas Públicas Antidiscriminatórias , Liberdade de Religião , COVID-19 , Governo , Hierarquia Social , Direitos Humanos , Individualidade , Manobras Políticas , Princípios Morais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...