Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 3.180
Filtrar
1.
Ann N Y Acad Sci ; 1535(1): 5-9, 2024 May.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-38687156

RESUMO

The problem with defining "life" has bedeviled biology throughout its history, and still there is no agreed resolution. But one of the best ways to characterize living entities is not through any of the features or properties usually considered to define it, such as replication, metabolism, or evolution. Rather, living entities are generators of meaning.


Assuntos
Vida , Humanos , Evolução Biológica
2.
Artif Life ; 30(2): 193-215, 2024 May 01.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-38656414

RESUMO

The field of Artificial Life studies the nature of the living state by modeling and synthesizing living systems. Such systems, under certain conditions, may come to deserve moral consideration similar to that given to nonhuman vertebrates or even human beings. The fact that these systems are nonhuman and evolve in a potentially radically different substrate should not be seen as an insurmountable obstacle to their potentially having rights, if they are sufficiently sophisticated in other respects. Nor should the fact that they owe their existence to us be seen as reducing their status as targets of moral concern. On the contrary, creators of Artificial Life may have special obligations to their creations, resembling those of an owner to their pet or a parent to their child. For a field that aims to create artificial life-forms with increasing levels of sophistication, it is crucial to consider the possible ethical implications of our activities, with an eye toward assessing potential moral obligations for which we should be prepared. If Artificial Life is larger than life, then the ethics of artificial beings should be larger than human ethics.


Assuntos
Obrigações Morais , Humanos , Vida , Biologia Sintética/ética , Vida Artificial
7.
Univ. salud ; 25(1): ED1-ED3, ene.-abr. 2023.
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1424730

RESUMO

Entre los días 17 y 19 de noviembre de 2022 se realizó el 18° Coloquio de Investigación en Salud Pública en el Centro de Estudios en Salud de la Universidad de Nariño (CESUN) de la Universidad de Nariño. Este es un evento anual que se lleva a cabo por iniciativa del Doctorado Interfacultades en Salud Pública de la Universidad Nacional de Colombia, pero cada vez más participan escuelas de formación de investigadores(as) en el campo de la salud pública de todo el país y, recientemente, algunas de México.


Assuntos
Humanos , Saúde , Saúde Pública , Vida , Empatia
8.
Educ. med. super ; 37(1)mar. 2023.
Artigo em Espanhol | LILACS, CUMED | ID: biblio-1440012

RESUMO

Introducción: El Dr. C. Oscar B. Alonso Chil (1930-2021) formó parte de los médicos que permanecieron en Cuba después del triunfo de la Revolución. Fue fundador de servicios de asistencia en medicina interna y geriatría, y realizó importantes contribuciones a la docencia médica. Objetivo: Exponer la trayectoria de Oscar B. Alonso Chil como médico y docente de la medicina cubana revolucionaria, a través de su historia de vida. Métodos: Se realizó un estudio de tipo descriptivo y de corte cualitativo, donde se utilizó la técnica de la historia de vida, centrada en el aspecto profesional. Para ello se hizo una entrevista semiestructurada al testimoniante como fuente fundamental de información. Se validó el testimonio oral mediante la revisión de la documentación oficial en su expediente docente y la literatura científica existente relacionada con el tema, además de entrevistas a sus alumnos y compañeros de trabajo. Desarrollo: Se constató que fundó servicios; organizó la actividad docente; realizó tutorías, publicaciones y asesorías; y fue miembro de tribunales y consejos científicos. Cada una de sus actividades las desempeñó con gran compromiso e incondicionalidad a su profesión, lo cual le generó mucha satisfacción con la vida. Llegó a ostentar las más altas distinciones por su trabajo: Especialista de Segundo Grado en Medicina Interna, y Profesor Titular, Consultante y de Mérito de la Universidad de Ciencias Médicas de La Habana. Conclusiones: Oscar B. Alonso Chil contribuyó al desarrollo de la medina interna en Cuba en la etapa revolucionaria. Este profesor representa un modelo para los estudiantes de ciencias médicas por su prestigio profesional y científico(AU)


Introduction: Ph.D. Oscar B. Alonso Chil (b. 1930-d. 2021) was one of the physicians who stayed in Cuba after the triumph of the Revolution. He was a founder of the healthcare services for internal medicine and geriatrics, and made important contributions to medical teaching. Objective: To present the professional career of Oscar B. Alonso Chil as a physician and teacher of revolutionary Cuban medicine, through his life history. Methods: A descriptive and qualitative study was carried out, using the life history technique, focused on the professional aspect. For this purpose, a semistructured interview was conducted with the testimony witness as a fundamental source of information. The oral testimony was validated by reviewing the official documentation in his teaching file and the existing scientific literature related to the subject; in addition to interviews with his students and coworkers. Development: It was observed that he founded services, organized the teaching activity, supervised research, made publications and consultancies, and was a member of scientific boards and councils. He performed each of these activities with great commitment and unconditionality to his profession, which gave him great satisfaction with life. He achieved holding the highest distinctions for his work: second-degree specialist in Internal Medicine, as well as Full Professor, Faculty Consultant and Emeritus Professor of the University of Medical Sciences of Havana. Conclusions: Oscar B. Alonso Chil contributed to the development of internal medicine in Cuba during the revolutionary period. This professor represents a role model for students of medical sciences due to his professional and scientific prestige(AU)


Assuntos
Humanos , Médicos , Vida , Autobiografia , Pessoas Famosas , Publicações , Pesquisa , Responsabilidade Legal , Educação Médica , Docentes/história , Engajamento no Trabalho , Geriatria/educação , Medicina Interna/educação , Assistência Médica
10.
Porto Alegre; Editora Rede Unida;Fiocruz Ceará; 20230118. 136 p.
Monografia em Português | LILACS | ID: biblio-1427205

RESUMO

Esta obra traz as produções construídas a partir das linguagens da arte, da prosa, da poesia e da cenopoesia nos momentos de reflexão individuais e coletivos, nas ações educativas e dialógicas de interação entre os diferentes atores sociais, tanto no Curso de Especialização/Aperfeiçoamento em Educação Popular para a Promoção de Territórios Saudáveis na Convivência com o Semiárido como nas ações de interação e/ou intervenção nos territórios. Além de saborear as delícias da sabedoria trazida pelos mestres da cultura popular, podemos trazer nosso corpo inteiro para nos colocarmos no lugar que estas palavras em prosa, poesia e cenopoesia nos levam a vivenciar através das belezas que aqui se apresentam. Esta obra também nos presenteia com a possibilidade de podermos compartilhar com amigos/as, companheiros/as de luta e de jornadas os roteiros cenopoéticos, as poesias em encontros, cursos e atividades na nossa caminhada de produção de vida e libertação!


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Educação , Cursos , Cultura Popular , Saúde , Saúde Pública , Vida , Poesia
11.
Av. psicol. latinoam ; 41(1): 1-19, ene.-abr. 2023.
Artigo em Português | LILACS, COLNAL | ID: biblio-1428038

RESUMO

A satisfação com a vida tem sido descrita como um constructo psicológico que se refere à avaliação global que o indivíduo faz em relação a sua vida. O presente estudo objetiva investigar se fatores individuais (gênero e idade), socioeconômico (classe social), de autoper-cepção (nível de estresse, estado de saúde e qualida-de do sono) e de percepção de qualidade de vida na universidade (oportunidade e motivação para aprendi-zagem, ambiente social para aprendizagem, ambiente físico e equipamentos para aprendizagem, autoava-liação de conhecimento e relevância da universidade) predizem a satisfação com a vida entre universitários de instituições públicas do Estado da Bahia, Brasil. Participaram do estudo 1.506 universitários dos cursos de graduação presenciais das Universidades Federais (ufs) localizados no Estado da Bahia, sendo 537 ho-mens (35.7 %), 968 mulheres (64.3 %) e um que não identificou seu gênero, com idades entre 18 a 24 anos (63.5 %) e sem companheiro(a) (86.0 %). Os resultados indicaram que o modelo que melhor predisse a satis-fação com a vida foi aquele que incluiu classe social, nível de estresse, estado de saúde, qualidade do sono, grau de motivação, ânimo para assistir as aulas do seu curso, relacionamento com os demais colegas do seu curso e oportunidade de participação em atividades de ensino, extensão e pesquisa. Juntas, essas variáveis foram responsáveis por explicar aproximadamente 27.5 % da variância em satisfação com a vida, o que é uma razoável capacidade explicativa, se considerarmos que satisfação com a vida é um constructo psicológico, complexo e multideterminado.


La satisfacción con la vida ha sido descrita como un constructo psicológico que hace referencia a la valoración global que el individuo tiene en relación a su vida. El presente estudio tiene como objetivo investigar si factores individuales (género y edad), socioeconó-micos (clase social), autopercepción (nivel de estrés, estado de salud y calidad del sueño) y calidad de vida percibida en la universidad (oportunidad y motivación para el aprendizaje, ambiente social para el aprendizaje, ambiente físico y equipamiento para el aprendizaje, autoevaluación de conocimientos y pertinencia de la universidad) predicen la satisfacción con la vida en estudiantes universitarios de instituciones públicas del Estado de Bahía, Brasil. Participaron en el estudio 1.506 estudiantes universitarios de cursos de graduación presenciales en Universidades Federales (uf) ubicadas en el Estado de Bahía, 537 hombres (35.7 %), 968 mujeres (64.3 %) y uno que no identificó su género, edad entre 18 y 24 años (63.5 %) y sin pareja (86.0 %). Los resultados indicaron que el modelo que mejor predijo la satisfacción con la vida fue el que incluyó la clase social, el nivel de estrés, el estado de salud, la calidad del sueño, el grado de motivación, la disposición a asistir a las clases de su curso, la relación con los demás compañeros y la oportunidad de participar en actividades de docencia, extensión e investigación. En conjunto, estas variables fueron responsables de explicar aproximada-mente el 27.5 % de la varianza en la satisfacción con la vida, lo cual es una capacidad explicativa razonable, si consideramos que la satisfacción con la vida es un constructo psicológico, complejo y multideterminado.


Life satisfaction has been described as a psychological construct referring to the overall assessment the individ-ual makes regarding their life. The present study aims to investigate whether individual factors (gender and age), socioeconomic factors (social class), self-perception (level of stress, health status and quality of sleep), and perceived quaility of life at the university (opportu-nity and motivation for learning, social environment for learning, physical environment and equipment for learning, self-assessment of knowledge and relevance of the university) predict life satisfaction among university students from public institutions in the state of Bahia. In this study, 1.506 university students from undergraduate courses of the federal universities (ufs) participated in the study: 537 men (35.7 %), 969 women (64.3 %), and one student that did not identify their gender, with ages between 18 to 24 years (63.5 %) and without a partner (86.0 %). The results indicated that the model that best predicted life satisfaction was the one including social class, stress level, health status, quality of sleep, degree of motivation, willingness to attend classes in their degree, relationship with other colleagues in their degree, and opportunity to participate in teaching, ex-tension and research activities. Together these variables explained approximately 27.5 % of the variance in life satisfaction, which is a reasonable explanatory capacity if we consider that life satisfaction is a psychological, complex, and multidetermined construct.


Assuntos
Humanos , Saúde , Conhecimento , Vida , Aprendizado Social , Autoteste , Aprendizagem
12.
Biosystems ; 223: 104823, 2023 Jan.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-36574923

RESUMO

Enaction is an increasingly influential approach to cognition that grew out of Maturana and Varela's earlier work on autopoiesis and the biology of cognition. As with any relatively new scientific discipline, the enactive approach would benefit greatly from a careful analysis of its theoretical foundations. Here we initiate such an analysis for one of the core concepts of enaction, precariousness. Specifically, we consider three types of fragility: systemic, processual and thermodynamic. Using a glider in the Game of Life as a toy model, we illustrate each of these fragilities and examine the relationships between them. We also argue that each type of fragility is characterized by which aspects of a system are hardwired into its definition from the outset and which aspects are emergent and hence vulnerable to disintegration without ongoing maintenance.


Assuntos
Vida , Cognição
13.
J Perinat Med ; 51(1): 39-50, 2023 Jan 27.
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: mdl-36087294

RESUMO

It is very complicated to give correct answer to the question "How to define human life?" Nowadays dilemmas consider the respect of human life from the birth to death involve not just biology but also other sciences like philosophy, theology, sociology, psychology, law and politics. These sciences evaluate the topic from different points of view. Integration of all of these perspectives could result with a proper definition. The principal purpose of this paper is to try to determine when a human individual begins. If this proves to be too difficult, we might have to settle for a specific stage in the reproductive process before which it would be impossible to say with any plausibility that a human individual exists. It is necessary to return the moral dimension of observation to the science of life. The point is to reconcile the universal ethical principles concerning the absolute value of life with the everyday challenges and dilemmas. It is our deepest conviction that life has an absolute value and that there always remains something indestructible and substantial in life, which may neither be evaluated by anything final, nor completely reduced to the material biological equivalent and the genetic substratum.


Assuntos
Início da Vida Humana , Vida , Humanos , Pessoalidade , Filosofia , Teologia
14.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e250370, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1440796

RESUMO

A atuação em situações de emergências e desastres apresentam-se como um dos grandes desafios na atuação dos profissionais da Psicologia, demandando intervenções singulares, desde o primeiro contato com as vítimas e o com entorno afetado pelo ocorrido, passando pelo trabalho interdisciplinar e interinstitucional junto aos órgãos públicos de segurança, justiça, assistência e saúde. O presente artigo tem como objetivo apresentar, por meio da experiência na assistência às vítimas na Escola Estadual Raul Brasil, as particularidades e adversidades enfrentadas durante o primeiro semestre de intervenções emergenciais que antecederam a contratação de psicólogos por parte do poder público municipal para continuidade das ações. Por meio de relatos de experiência em intervenções psicológicas, obtidos em diferentes instituições para a assistência às vítimas, este trabalho também visa apresentar alternativas que possam servir de referências para a intervenção do psicólogo e da psicóloga em situações de emergências e desastres, especialmente ocorridas na comunidade escolar. Observou-se que a realização do trabalho interdisciplinar e interinstitucional somado à participação da direção da escola no planejamento das ações e a realização de plantões psicológicos e rodas de conversa junto à comunidade escolar foram fundamentais para a assistência às vítimas do ocorrido.(AU)


Timely response to emergency and disaster situations is a major challenge for Psychology professionals and require particular interventions, from initial contact with the victims and the affected environment to interdisciplinary and interinstitutional collaboration with public security, justice, assistance and health agencies. Based on the experience of providing assistance to the victims of the State School Raul Brasil, this paper presents the adversities and specificities faced during the first semester of emergency interventions implemented before psychologists were hired by municipal officials for the continuity of care. By analyzing experience reports on psychological interventions obtained from different institutions for victim assistance, this paper proposes alternatives to be used as reference for psychological intervention in emergency and disaster situations, especially those experienced by the school community. Interdisciplinary and interinstitutional collaboration with the school board for planning actions and offering psychological services and conversation circles for the school community was fundamental to assist the victims.(AU)


La actuación en situaciones de emergencias es uno de los grandes desafíos a los profesionales de la psicología, pues demanda intervenciones singulares desde el primer contacto con las víctimas y con el contexto afectado por lo ocurrido, pasando por la interdisciplinaridad e interinstitucionalidad junto a los organismos públicos de seguridad, justicia, asistencia y salud. Este artículo tiene como objetivo presentar, por medio de la experiencia de la asistencia a las víctimas del colegio estadual Raul Brasil (en São Paulo, Brasil), las particularidades y adversidades enfrentadas durante el primer semestre de las intervenciones de emergencia que antecedieron la contratación de psicólogos por parte del municipio para continuidad de las acciones. Por medio de reportes de experiencia en intervenciones psicológicas, obtenidos en diferentes instituciones para la asistencia a las víctimas, este estudio también pretende presentar alternativas que puedan servir de referencia en la intervención de psicólogos y psicólogas en situaciones de emergencia y desastres, especialmente ocurridas en la comunidad escolar. Se verificó que la realización del trabajo interdisciplinar e interinstitucional, la participación de la dirección del colegio en la implementación de acciones y la realización de guardias psicológicas y círculos de conversación con la comunidad escolar fueron fundamentales para una asistencia a las víctimas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicologia , Instituições Acadêmicas , Emergências , Ansiedade , Pânico , Relações Pais-Filho , Política , Prisões , Psiquiatria , Psicologia Educacional , Psicologia Social , Psicopatologia , Punição , Terapia da Realidade , Religião , Serviços de Saúde Escolar , Automutilação , Mudança Social , Problemas Sociais , Socialização , Estereotipagem , Violência , Políticas de Controle Social , Transtorno Bipolar , Consumo de Bebidas Alcoólicas , Luto , Adaptação Psicológica , Preparações Farmacêuticas , Atitude , Criança , Maus-Tratos Infantis , Educação Infantil , Características de Residência , Adolescente , Polícia , Transtorno de Pânico , Violência Doméstica , Trabalho de Resgate , Vida , Vítimas de Crime , Encômio , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Internet , Crime , Direito Penal , Intervenção em Crise , Atentado Terrorista , Terrorismo , Morte , Mecanismos de Defesa , Atenção à Saúde , Disseminação de Informação , Aplicação da Lei , Amigos , Menores de Idade , Agressão , Depressão , Planejamento em Desastres , Auxiliares de Emergência , Humanização da Assistência , Acolhimento , Incidentes com Feridos em Massa , Medo , Bullying , Apatia , Abrigo de Emergência , Incêndios , Ajustamento Emocional , Influência dos Pares , Assédio não Sexual , Terapia Focada em Emoções , Sobrevivência , Fracasso Acadêmico , Etnocentrismo , Extremismo , Cyberbullying , Frustração , Violência com Arma de Fogo , Respeito , Angústia Psicológica , Serviços de Saúde Mental Escolar , Transtorno de Adição à Internet , Desinformação , Apoio Familiar , Prevenção do Suicídio , Processos Grupais , Culpa , Homicídio , Hostilidade , Direitos Humanos , Jurisprudência , Ira , Acontecimentos que Mudam a Vida , Meios de Comunicação de Massa , Transtornos Mentais , Motivação , Transtornos Neuróticos , Transtorno da Personalidade Antissocial
15.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e250951, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448948

RESUMO

Este artigo tem por objetivo identificar e discutir alguns estratagemas psicológicos utilizados por movimentos conservadores e autoritários recentemente difundidos no Brasil - em especial, pelo Movimento Escola sem Partido -, em relação a temas como sexualidade e gênero, que atualmente foram incluídos como essenciais à formação escolar. Com esse propósito, empenhamo-nos em compreender a perspectiva cultural em que se apoiam e o modo como a articulam, ideologicamente, para inviabilizar o debate sobre eles. A partir da análise dos Projetos de Lei 246/2019 e 1859/2015, identificamos estratégias conservadoras que, autoritariamente, deslegitimam sua inclusão na formação escolar. Dentre elas, pareceu-nos urgente investigar a instrumentalização da religião, pois favorece a subordinação da crença religiosa, sobretudo associada ao conservadorismo moral imbricado na tradição cristã brasileira, ao discurso político autoritário. Assim como os movimentos fascistas que, nos Estados Unidos da década de 1930, reivindicavam um ordenamento autoritário e opressor da sociedade por meio do apelo a conteúdos religiosos instrumentalizados para esse fim, atualmente, o discurso religioso também é utilizado como forma de suscitar adesão ao conservadorismo social e político e de justificar preconceitos arraigados. Constatamos que a instrumentalização da religião é uma forma de justificar a permanência de valores conservadores na escola e na sociedade, bem como de reiterar o modelo de família heterossexual monogâmica e a ordem patriarcal. Por meio de estratagemas como esses, os movimentos conservadores e autoritários, articulados em função da negação da diversidade sexual e de gênero, impedem que a escola se constitua como espaço democrático e diverso.(AU)


This paper identifies and discusses the psychological ploys employed by recent conservative and authoritarian movements in Brazil, particularly the School without Party movement, against topics like sexuality and gender, which are currently included as essential to school education. To do so, we sought to understand their cultural basis and how they are ideologically articulated to prevent school debate around these topics. By analyzing Bills 246/2019 and 1859/2015, we identified some conservative strategies that authoritatively delegitimize their inclusion in school education. Chief among them is the instrumentalization of religion, since it favors subordinating religious belief, mainly associated with traditional Christian moral conservatism, to authoritarian political discourse. Similar to the fascist movements in the 1930s United States that claimed an authoritarian and oppressive ordering of society by appealing to religious content, religious speech is currently instrumentalized to encourage social and political conservatism adherence and to justify deep-seated prejudices. Religion instrumentalization is used to justify upholding conservative values at school and in society, as well as to reiterate the monogamous heterosexual family model and patriarchy. Through such ploys, authoritarian and conservative movements, articulated around denying sexual and gender diversity, prevent the school from becoming a democratic and diverse environment.(AU)


Este artículo tiene por objetivo identificar y discutir algunas de las estratagemas psicológicas que utilizan los movimientos conservadores y autoritarios, difundidas recientemente en Brasil, en particular por el Movimiento Escuela sin Partido, con relación a temas como sexualidad y género, que actualmente se incluyeron en la formación escolar. Con este propósito, se pretende comprender la base cultural en la que se han apoyado y cómo la articulan ideológicamente para hacer inviable el debate sobre ellas. A partir de análisis de los Proyectos de Ley 246/2019 y 1859/2015, se identificaron estrategias conservadoras que, autoritariamente, deslegitiman la inclusión de estos temas en la formación escolar. Entre ellas, parece urgente analizar la instrumentalización de la religión, porque favorece la subordinación de la creencia religiosa al discurso político autoritario, sobre todo asociada al conservadurismo moral presente en las vertientes del cristianismo brasileño. Al igual que los movimientos fascistas en los Estados Unidos en los años 1930 que reivindicaban una planificación autoritaria de la sociedad mediante un llamado a contenidos religiosos instrumentalizados, actualmente se utiliza el discurso religioso como forma de promover la adhesión al conservadurismo social y político y de justificar los prejuicios. Se constata que la instrumentalización de la religión es un modo de justificar la permanencia de valores conservadores en la escuela, así como de confirmar el modelo de familia heterosexual monógama y el orden patriarcal. Estos estratagemas que son utilizados por los movimientos conservadores y autoritarios, articulados en función de la negación de la diversidad sexual y de género, impiden que la escuela sea democrática y diversa.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Política , Religião , Instituições Acadêmicas , Sexualidade , Identidade de Gênero , Sistemas Políticos , Psicologia , Psicologia Social , Política Pública , Racionalização , Papel (figurativo) , Ciência , Educação Sexual , Autoritarismo , Classe Social , Meio Social , Previdência Social , Fatores Socioeconômicos , Estereotipagem , Ensino , Pensamento , Transexualidade , Inclusão Escolar , Bissexualidade , Desenvolvimento Tecnológico , Saúde Mental , Comissão de Ética , Comunismo , Diversidade Cultural , Feminismo , Vida , Discurso , Modernização do Setor Público , Cultura , Capitalismo , Poder Público , Atenção à Saúde , Democracia , Protestantismo , Grupos Raciais , Direitos Sexuais e Reprodutivos , Economia , Educação , Educação Profissionalizante , Escolaridade , Metodologia como Assunto , Estudos Populacionais em Saúde Pública , Saúde Reprodutiva , Sexismo , Tutoria , Fascismo , Ativismo Político , Práticas Interdisciplinares , Etnocentrismo , Extremismo , Opressão Social , Transversalidade de Gênero , Vulnerabilidade Sexual , Normas de Gênero , Binarismo de Gênero , Estudos de Gênero , Políticas Inclusivas de Gênero , Respeito , Políticas Públicas Antidiscriminatórias , Liberdade de Religião , COVID-19 , Governo , Hierarquia Social , Direitos Humanos , Individualidade , Manobras Políticas , Princípios Morais
16.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e250670, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448949

RESUMO

Este artigo refere-se à parte de uma pesquisa de doutorado, realizada em hospital de alta complexidade do Sistema Único de Saúde, cujos participantes são os profissionais de saúde. O objetivo deste artigo é analisar o potencial da abordagem das narrativas como método de pesquisa e intervenção nos serviços de saúde, traçando aproximações com a teoria psicanalítica. Sua relevância no campo da Saúde Pública está calcada no reconhecimento do papel do sujeito como agente de mudanças. O texto divide-se em duas partes: na primeira, explora as especificidades do trabalho na área da saúde, o paradigma da saúde pública no que concerne à gestão e possíveis contribuições da clínica ampliada para esse modelo. Na segunda parte, analisa o uso das narrativas como método de pesquisa nesse campo e as aproximações conceituais entre a narrativa em Walter Benjamin e a psicanálise em Freud. Busca na literatura referências sobre experiências análogas que fundamentem a proposta ora realizada e conclui pela importância de, no momento atual, apostar na força germinativa das narrativas como fonte criativa de novas formas de cuidar.(AU)


This article derives from a PhD research conducted with health professionals at a high-complexity public hospital from the Brazilian Unified Health System (SUS). It analyzes the potential of the narrative as a research and intervention method in health services, outlining approximations with psychoanalysis. In the field of Public Health, the narrative approach acknowledges the individual as an agent of change. The text is divided into two parts. The first presents an overview of the peculiarities involved in healthcare, the Public Health paradigm regarding service management and possible contributions from the expanded clinic to this model. The second analyzes the use of narratives as a research method in this field and the conceptual approximations between Benjamin's narrative and Freud's psychoanalysis. It searches the literature for references on similar experiences to support the present proposal and concludes by highlighting the importance of betting on the creative power of narratives as a source for new ways to care.(AU)


Este artículo es parte de una investigación doctoral, realizada con los profesionales de la salud de un hospital de alta complejidad del Sistema Único de Salud de Brasil. Su propósito es analizar el potencial del enfoque en narrativas como método de investigación e intervención en los servicios de salud, esbozando aproximaciones entre las narrativas y la teoría del psicoanálisis. Su relevancia en el campo de la salud pública se basa en el reconocimiento del rol del sujeto como agente de cambio. El texto se divide en dos partes: La primera investiga las especificidades del trabajo en el área de la salud, el paradigma de la salud pública en la gestión de los servicios y las posibles contribuciones de la clínica ampliada a este modelo. En la segunda parte, analiza el uso de narrativas como método de investigación en este campo y las aproximaciones conceptuales entre la narrativa de Walter Benjamin y el psicoanálisis de Freud. Este estudio busca en la literatura referencias sobre experiencias similares que apoyen la propuesta ahora realizada y concluye con la importancia de, en el momento actual, apostar por el poder de las narrativas como fuente creadora de nuevas formas de cuidar.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicanálise , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde , Narração , Pesquisa Qualitativa , Educação Profissional em Saúde Pública , Políticas , Ansiedade , Dor , Parapsicologia , Personalidade , Política , Interpretação Psicanalítica , Psicologia , Psicopatologia , Psicoterapia , Administração em Saúde Pública , Qualidade da Assistência à Saúde , Regionalização da Saúde , Mudança Social , Condições Sociais , Fatores Socioeconômicos , Sociologia , Superego , Avaliação da Tecnologia Biomédica , Inconsciente Psicológico , Comportamento , Sintomas Comportamentais , Cooperação Técnica , Esgotamento Profissional , Atividades Cotidianas , Saúde Mental , Doença , Técnicas Psicológicas , Estratégias de Saúde , Eficiência Organizacional , Vida , Equidade em Saúde , Modernização Organizacional , Tecnologia Biomédica , Vulnerabilidade a Desastres , Cultura , Capitalismo , Valor da Vida , Morte , Depressão , Economia , Ego , Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde , Atividades Científicas e Tecnológicas , Funções Essenciais da Saúde Pública , Humanização da Assistência , Ética Institucional , Tecnologia da Informação , Terapia Narrativa , Determinantes Sociais da Saúde , Integralidade em Saúde , Assistência Ambulatorial , Trauma Psicológico , Terapia Focada em Emoções , Estresse Ocupacional , Fascismo , Esgotamento Psicológico , Psicoterapia Interpessoal , Angústia Psicológica , Fatores Sociodemográficos , Vulnerabilidade Social , Ocupações em Saúde , Acessibilidade aos Serviços de Saúde , História , Direitos Humanos , Id , Serviços de Saúde Mental , Princípios Morais
17.
Psicol. Estud. (Online) ; 28: e54693, 2023. graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1514627

RESUMO

RESUMO Este artigo tem como objetivo compreender como ocorre o compartilhamento de vivências de perda e apoio social tecido nas redes sociais significativas de pessoas enlutadas. O estudo qualitativo foi desenvolvido com 12 pessoas que perderam um membro familiar. Para a coleta de dados utilizaram-se a entrevista semiestruturada e o mapa de redes, e para a organização e integração dos dados foram utilizados os procedimentos de codificação da Teoria Fundamentada. Destacam-se os diferentes atores envolvidos num macro e microssistema de relacionamentos formados em torno do apoio à expressão e compartilhamento de vivências de luto. Assim, familiares, amigos, profissionais de saúde, colegas de trabalho e estudo desenvolveram um processo relacional de dar e receber apoio emocional, companhia social e ajuda material à pessoa em luto. Por sua vez, as características dos vínculos interpessoais do enlutado com os membros de sua rede, como a multidimensionalidade, a história da relação, disponibilidade e reciprocidade, facilitaram o compartilhamento das vivências de luto. Sob a perspectiva da promoção da saúde, cabe aos profissionais potencializar o apoio social que é adequado a cada pessoa enlutada tendo em vista os recursos de apoio disponíveis na sua rede de relações significativas. Considera-se que é pelo protagonismo do enlutado e o apoio dado e percebido no contexto das redes sociais significativas que é possível ocorrer a integração psicossocial de pessoas enlutadas que vivem uma situação de luto na contemporaneidade.


RESUMEN Este artículo tiene como objetivo entender cómo se comparten las experiencias de duelo de personas dolientes y el apoyo social brindado por importantes redes sociales. El estudio se desarrolló con 12 personas que perdieron a un familiar. Para la coleta de datos, se utilizaron una entrevista semiestructurada y mapa de red, y para la organización e integración de datos, se utilizaron los procedimientos de codificación de la Teoría Fundamentada. Se analizan los diferentes actores involucrados en un sistema de relación macro y micro formado para apoyar la expresión y compartir experiencias de duelo. Por lo tanto, familiares, amigos, profesionales de la salud, compañeros de trabajo y estudio desarrollaron un proceso relacional de dar y recibir apoyo emocional, compañía social y ayuda material en el duelo. A su vez, las características de los lazos interpersonales del doliente con los miembros de su red, como la multidimensionalidad, la historia de la relación, la disponibilidad y la reciprocidad, facilitó el intercambio de experiencias de duelo. Desde la perspectiva de la promoción de la salud, corresponde a los profesionales mejorar el apoyo social apropiado para cada persona en vista de los recursos de apoyo disponibles en su red de relaciones significativa. Se considera que es debido al protagonismo del doliente y al apoyo brindado en el contexto de redes sociales significativas que es posible que ocurra la integración psicosocial de personas afligidas que viven en una situación de duelo en los tiempos contemporáneos.


ABSTRACT This article aims to understand the experiences of loss and social support in significant social networks of bereaved people. The qualitative study involved 12 people who lost a family member during their adult life. For the data collection, I used semi-structured interviews and network maps, and for the organization and integration of the data, we used the coding procedures of the Grounded Theory. The different actors involved in a macro and micro relationship system formed around supporting expression and sharing experiences of mourning for the bereaved people are analyzed. Thus, family members, friends, health professionals, co-workers and study developed a relational process of giving and receiving emotional support, social companionship and material help in grieving. In turn, the characteristics of the mourner's interpersonal bonds with members of his network, such as multidimensionality, the history of the relationship, availability and reciprocity, facilitated the sharing of mourning experiences. From the perspective of the promotion of health, it corresponds to the professionals who improve the appropriate social support for each person in view of the support resources available in their network of significativ relationships.It is considered that it is because of the protagonism of the mourner and the support given in the context of significant social networks that it is possible to occur the psychosocial integration of bereaved people who live in a situation of mourning in contemporary times.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Luto , Morte , Tristeza , Relações Interpessoais , Apoio Social , Vida , Amigos , Rede Social , Apoio Familiar/psicologia
18.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e257126, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529221

RESUMO

O texto é um relato de experiência da participação no Grupo de Estudos psicoQuilombologia ocorrida nos meses de setembro de 2020 a março de 2021, período atravessado pela segunda onda da pandemia de COVID-19 no Brasil. O objetivo do relato é apresentar o conceito-movimento de psicoQuilombologia como uma proposta epistemológica quilombola de agenciamento de cuidado e saúde, com base em uma escuta que se faça descolonial e inspirada no fecundo e ancestral acervo de cuidado dos povos africanos, quilombolas e pretos, preservado e atualizado em nossos quilombos contemporâneos. A metodologia utilizada é a escrevivência, método desenvolvido por Conceição Evaristo que propõe uma escrita em que as vivência e memórias estão totalmente entrelaçadas, imersas e imbricadas com a pesquisa. O resultado das escrevivências dessa pesquisa descortinam que os povos pretos desenvolveram práticas de cuidado e acolhimento às vulnerabilidades do outro, enraizadas no fortalecimento de laços e conexões coletivas de afetos e cuidado mútuos. Práticas de cuidado que articulam memória, ancestralidade, tradição, comunidade, transformação, luta, resistência e emancipação, engendrando modos coletivos de ser e viver. Nas quais cuidar do outro implica tratar suas relações e situar o cuidado como extensão de uma cura que se agencia no coletivo. O trabalho conclui apontando que o cenário pandêmico vigente acentua a pungência de se desenvolver estratégias de cuidado baseadas em epistemologias pretas e quilombolas, valorizando os sentidos de ancestralidade, comunidade, pertencimento e emancipação.(AU)


The text is an experience report of the participation in the psicoQuilombology Study Group that carried out from September 2020 to March 2021, during the second wave of the COVID-19 pandemic in Brazil. The purpose of the report is to introduce the concept-movement of psicoQuilombology as a quilombola epistemological proposal for the development of care and health, based on a decolonial listening and inspired by the rich care collection of African peoples, quilombolas and Blacks, preserved and updated in our contemporary quilombos. The methodology used is writexperience [escrevivências], a method developed by Conceição Evaristo who proposes a writing in that the experiences and memories are totally involved with the research. The result of the writability of this research show that Black people have developed practices of care and acceptance of the other's vulnerabilities, based on the strengthening of ties and collective connections of mutual affection and care. Care practices that mix memory, ancestry, tradition, community, transformation, struggle, resistance and emancipation, outlining collective ways of being and living. The core idea is that taking care of the other means treating your relationships and maintaining care as an extension of a cure that takes place in the collective. The paper concludes by pointing out that the current pandemic scenario demonstrates the urgent need to develop care strategies based on black and quilombola epistemologies, valuing the senses of ancestry, community, belonging and emancipation.(AU)


Este es un reporte de experiencia de la participación en el Grupo de Estudio psicoQuilombología que ocurrió en los meses de septiembre de 2020 a marzo de 2021, periodo en que Brasil afrontaba la segunda ola de la pandemia de la COVID-19. Su propósito es presentar el concepto-movimiento de psicoQuilombología como una propuesta epistemológica quilombola para el desarrollo del cuidado y la salud, basada en una escucha decolonial e inspirada en el rico acervo asistencial de los pueblos africanos, quilombolas y negros, conservado y actualizado en nuestros quilombos contemporáneos. La metodología utilizada es la escrivivencia, un método desarrollado por Conceição Evaristo quien propone una escrita en que las vivencias y los recuerdos están totalmente involucrados con la investigación. El resultado de la escrivivencia muestra que las personas negras han desarrollado prácticas de cuidado y aceptación de las vulnerabilidades del otro, basadas en el fortalecimiento de lazos y conexiones colectivas de afecto y cuidado mutuos. Prácticas de cuidado que mezclan memoria, ascendencia, tradición, comunidad, transformación, lucha, resistencia y emancipación, perfilando formas colectivas de ser y vivir. El cuidar al otro significa tratar sus relaciones y mantener el cuidado como una extensión de una cura que tiene lugar en lo colectivo. El trabajo concluye que el actual escenario pandémico demuestra la urgente necesidad de desarrollar estrategias de atención basadas en epistemologías negras y quilombolas, y que valoren los sentidos de ascendencia, comunidad, pertenencia y emancipación.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Negro ou Afro-Americano , Estratégias de Saúde , Aprendizagem Baseada em Problemas , Conhecimento , Empatia , Pandemias , COVID-19 , Quilombolas , Pobreza , Preconceito , Psicologia , Política Pública , Qualidade de Vida , Religião , Recursos Audiovisuais , Comportamento Social , Condições Sociais , Desejabilidade Social , Predomínio Social , Identificação Social , Fatores Socioeconômicos , Estereotipagem , Violência , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Inclusão Escolar , Atitude , Etnicidade , Família , Saúde Mental , Colonialismo , Congressos como Assunto , Saneamento Básico , Participação da Comunidade , Vida , Comportamento Cooperativo , Internet , Cultura , Terapias Espirituais , Autonomia Pessoal , Espiritualidade , Populações Vulneráveis , População Negra , Agricultura , Educação , Ego , Acolhimento , Existencialismo , Racismo , Marginalização Social , Migração Humana , Violência Étnica , Escravização , Status Moral , Fragilidade , Sobrevivência , Ativismo Político , Construção Social da Identidade Étnica , Nação-Estado , Liberdade , Índice de Vulnerabilidade Social , Solidariedade , Empoderamento , Evolução Social , Fatores Sociodemográficos , Racismo Sistêmico , Minorias Étnicas e Raciais , Terapia de Reestruturação Cognitiva , Vulnerabilidade Social , Cidadania , Diversidade, Equidade, Inclusão , Condições de Trabalho , População Africana , Profissionais de Medicina Tradicional , Hierarquia Social , História , Comportamento de Retorno ao Território Vital , Zeladoria , Habitação , Direitos Humanos , Individualidade , Acontecimentos que Mudam a Vida , Comportamento de Massa
19.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e255195, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529228

RESUMO

A pandemia de covid-19 provocou intensas mudanças no contexto do cuidado neonatal, exigindo dos profissionais de saúde a reformulação de práticas e o desenvolvimento de novas estratégias para a manutenção da atenção integral e humanizada ao recém-nascido. O objetivo deste artigo é relatar a atuação da Psicologia nas Unidades Neonatais de um hospital público de Fortaleza (CE), Brasil, durante o período de distanciamento físico da pandemia de covid-19. Trata-se de estudo descritivo, do tipo relato de experiência, que ocorreu no período de março a agosto de 2020. No contexto pandêmico, o serviço de Psicologia desenvolveu novas condutas assistenciais para atender às demandas emergentes do momento, como: atendimento remoto; registro e envio on-line de imagens do recém-nascido a seus familiares; visitas virtuais; e reprodução de mensagens de áudio da família para o neonato. Apesar dos desafios encontrados, as ações contribuíram para a manutenção do cuidado centrado no recém-nascido e sua família, o que demonstra a potencialidade do fazer psicológico.(AU)


The COVID-19 pandemic brought intense changes to neonatal care and required health professionals to reformulate practices and develop new strategies to ensure comprehensive and humanized care for newborn. This study aims to report the experience of the Psychology Service in the Neonatal Units of a public hospital in Fortaleza, in the state of Ceará, Brazil, during the social distancing period of the COVID-19 pandemic. This descriptive experience report study was conducted from March to August 2020. During the pandemic, the Psychology Service developed new care practices to meet the emerging demands of that moment, such as remote care, recordings and online submission of newborns' pictures and video images for their family, virtual tours, and reproduction of family audio messages for the newborns. Despite the challenges, the actions contributed to the maintenance of a care that is centered on the newborns and their families, which shows the potential of psychological practices.(AU)


La pandemia de la COVID-19 ha traído cambios intensos en el contexto de la atención neonatal, que requieren de los profesionales de la salud una reformulación de sus prácticas y el desarrollo de nuevas estrategias para asegurar una atención integral y humanizada al recién nacido. El objetivo de este artículo es reportar la experiencia del Servicio de Psicología en las Unidades Neonatales de un hospital público de Fortaleza, en Ceará, Brasil, durante el periodo de distanciamiento físico en la pandemia de la COVID-19. Se trata de un estudio descriptivo, un reporte de experiencia, que se llevó a cabo de marzo a agosto de 2020. En el contexto pandémico, el servicio de Psicología desarrolló nuevas conductas asistenciales para atender a las demandas emergentes del momento, tales como: atención remota; grabación y envío em línea de imágenes del recién nacido; visitas virtuales; y reproducción de mensajes de audio de la familia para el recién nacido. A pesar de los desafíos encontrados, las acciones contribuyeron al mantenimiento de la atención centrada en el recién nacido y su familia, lo que demuestra el potencial de la práctica psicológica.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Recém-Nascido , Lactente , Psicologia , Teletrabalho , COVID-19 , Neonatologia , Ansiedade , Oxigenoterapia , Índice de Apgar , Equipe de Assistência ao Paciente , Alta do Paciente , Pediatria , Perinatologia , Fototerapia , Cuidado Pré-Natal , Qualidade da Assistência à Saúde , Respiração Artificial , Instituições de Cuidados Especializados de Enfermagem , Sobrevida , Anormalidades Congênitas , Inconsciente Psicológico , Visitas a Pacientes , Unidade Hospitalar de Ginecologia e Obstetrícia , Níveis de Atenção à Saúde , Brasil , Aleitamento Materno , Relatos de Casos , Recém-Nascido , Recém-Nascido Prematuro , Cardiotocografia , Comportamentos Relacionados com a Saúde , Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica , Unidades de Terapia Intensiva Neonatal , Desenvolvimento Infantil , Serviços de Saúde da Criança , Mortalidade Infantil , Mortalidade Materna , Infecção Hospitalar , Risco , Probabilidade , Estatísticas Vitais , Indicadores Básicos de Saúde , Expectativa de Vida , Saúde da Mulher , Triagem Neonatal , Enfermagem , Nutrição Enteral , Assistência de Longa Duração , Nutrição Parenteral , Gravidez de Alto Risco , Maleabilidade , Assistência Integral à Saúde , Tecnologia de Baixo Custo , Taxa de Gravidez , Vida , Criatividade , Cuidados Críticos , Afeto , Choro , Parto Humanizado , Incerteza , Gestantes , Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas , Prevenção de Doenças , Humanização da Assistência , Acolhimento , Tecnologia da Informação , Nutrição da Criança , Mortalidade Perinatal , Resiliência Psicológica , Medo , Métodos de Alimentação , Monitorização Fetal , Transferência da Responsabilidade pelo Paciente , Microbiota , Integralidade em Saúde , Assistência Ambulatorial , Transtornos do Neurodesenvolvimento , Saúde Materna , Sepse Neonatal , Medicina de Emergência Pediátrica , Sistemas de Apoio Psicossocial , Sobrevivência , Testes de Estado Mental e Demência , Acesso a Medicamentos Essenciais e Tecnologias em Saúde , Apoio Familiar , Ginecologia , Hospitalização , Maternidades , Hiperbilirrubinemia , Hipotermia , Sistema Imunitário , Incubadoras , Doenças do Recém-Nascido , Tempo de Internação , Acontecimentos que Mudam a Vida , Amor , Comportamento Materno , Bem-Estar Materno , Medicina , Métodos , Doenças do Sistema Nervoso , Apego ao Objeto , Obstetrícia
20.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e253403, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448955

RESUMO

O hospital constitui-se como um contexto em que a urgência subjetiva pode vir a se apresentar de forma frequente, instaurando, para cada sujeito, uma vivência de angústia. O objetivo desta pesquisa foi investigar as possibilidades para uma clínica das urgências subjetivas no contexto de um hospital universitário em Salvador, considerando as vivências em uma residência multiprofissional. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de caráter exploratório, em que se realizou revisão teórica sobre o tema e se construiu um caso clínico, sob orientação psicanalítica. A escolha do caso baseou-se na escuta clínica ao longo dos atendimentos e da atuação em equipe multiprofissional, considerando os impasses ao longo do tratamento. Foram utilizados registros documentais produzidos pela psicóloga residente ao longo dos atendimentos, que ocorreram durante três meses. Os resultados apontam para as contribuições da escuta psicanalítica no tratamento das urgências e na atuação em equipe multiprofissional no contexto hospitalar. A subjetivação da urgência permitiu, no caso em questão, um tratamento pela palavra do que havia incidido diretamente no corpo como fenômeno. Conclui-se pela relevância em discutir o tema da urgência e suscitar novas pesquisas, reintroduzindo no contexto hospitalar a questão sobre a subjetividade.(AU)


Hospitals are contexts in which subjective urgency can frequently materialize, triggering an experience of anguish for each subject. Hence, this research investigates the possibilities of establishing a subjective urgency clinic at a university hospital in Salvador, considering the experiences in a multidisciplinary residence. A qualitative, exploratory research was conducted by means of a theoretical review on the topic and construction of a clinical case, under psychoanalytical advisement. The case was chosen based on clinical listening during the sessions and performance in a multidisciplinary team, considering the obstacles for long-term treatment. Data were collected from documentary records produced by the resident psychologist during three months. Results point to the contributions of psychoanalytic listening to treating subjective urgencies and to the performance of a multidisciplinary team in the hospital context. In the case in question, subjectivation of urgency allowed a treatment through the word of affecting phenomenon. In conclusion, discussing urgency and conducting further research, are fundamental to reintroduce subjectivity in the hospital context.(AU)


El hospital es un contexto en el que frecuentemente se puede percibir una urgencia subjetiva, estableciendo una experiencia de angustia para cada sujeto. El objetivo de esta investigación fue investigar las posibilidades de una clínica de urgencia subjetiva en el contexto de un hospital universitario en Salvador (Brasil), considerando las experiencias en una Residencia Multiprofesional. Se trata de una investigación cualitativa, de carácter exploratorio, en la que se realizó una revisión teórica sobre el tema y construcción de un caso clínico, con orientación psicoanalítica. La elección del caso se basó en la escucha clínica a lo largo de las sesiones y actuación en un equipo multidisciplinar, considerando los impasses para el tratamiento a largo plazo. Se utilizaron registros documentales elaborados por el psicólogo residente, durante las atenciones, que se realizaron durante tres meses. Los resultados apuntan a las contribuciones de la escucha psicoanalítica en el tratamiento de urgencias y en la actuación de un equipo multidisciplinario en el contexto hospitalario. La subjetivación de la urgencia permitió, en el caso en cuestión, un tratamiento a través de la palabra de lo que había afectado directamente al cuerpo como fenómeno. Se concluye que es relevante discutir el tema de la urgencia y plantear nuevas investigaciones, reintroduciendo el tema de la subjetividad en el contexto hospitalario.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Satisfação Pessoal , Psicanálise , Emergências , Hospitais Universitários , Ansiedade , Avaliação de Processos e Resultados em Cuidados de Saúde , Dor , Parapsicologia , Alta do Paciente , Atenção Primária à Saúde , Psiquiatria , Psicologia , Qualidade de Vida , Reabilitação , Religião , Segurança , Autocuidado , Condições Patológicas, Sinais e Sintomas , Ensino , Terapêutica , Apoio ao Desenvolvimento de Recursos Humanos , Universidades , Violência , Ferimentos e Lesões , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Sistema Único de Saúde , Quartos de Pacientes , Infraestrutura Sanitária , Relatos de Casos , Simbolismo , Atividades Cotidianas , Luto , Família , Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde , Métodos de Análise Laboratorial e de Campo , Saúde Mental , Doença , Responsabilidade Legal , Recusa do Paciente ao Tratamento , Terapia Ocupacional , Resultado do Tratamento , Satisfação do Paciente , Assistência de Longa Duração , Assistência Integral à Saúde , Vida , Benchmarking , Cuidados Críticos , Tecnologia Biomédica , Autonomia Pessoal , Direitos do Paciente , Morte , Atenção à Saúde , Disseminação de Informação , Comunicação Interdisciplinar , Pesquisa Qualitativa , Plantão Médico , Diagnóstico , Educação Continuada , Educação Médica Continuada , Emoções , Empatia , Centros Médicos Acadêmicos , Pesquisa Interdisciplinar , Publicações de Divulgação Científica , Prevenção de Doenças , Humanização da Assistência , Instituições de Saúde, Recursos Humanos e Serviços , Registros Eletrônicos de Saúde , Comunicação em Saúde , Intervenção Médica Precoce , Administração Financeira , Reabilitação Neurológica , Trauma Psicológico , Tutoria , Universalização da Saúde , Angústia Psicológica , Assistência ao Paciente , Diversidade, Equidade, Inclusão , Planejamento em Saúde , Diretrizes para o Planejamento em Saúde , Política de Saúde , Administração Hospitalar , Hospitalização , Hospitais de Ensino , Direitos Humanos , Contabilidade , Imaginação , Internato e Residência , Laboratórios , Aprendizagem , Tempo de Internação , Acontecimentos que Mudam a Vida , Assistência Médica , Memória , Cuidados de Enfermagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...